Um protesto por dia! Fla é recebido com nova manifestação em Florianópolis

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Divulgação

    Torcedores do Flamengo protestam durante a chegada do Flamengo em Florianópolis

    Torcedores do Flamengo protestam durante a chegada do Flamengo em Florianópolis

A crise estacionou no Flamengo. Na noite deste sábado (10), o elenco foi recebido com mais um protesto em Florianópolis, onde enfrenta o Avaí, domingo (11), às 16h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro. Ao menos 30 torcedores compareceram ao aeroporto com faixas e cartazes contra dirigentes.

O diretor executivo Rodrigo Caetano, o diretor geral Fred Luz e o coach Fernando Gonçalves foram os principais alvos do protesto. Os jogadores e o técnico Zé Ricardo também não foram poupados. Até Conca, relacionado pela primeira vez, enfrentou a fúria dos manifestantes.

Divulgação
Os torcedores do Flamengo direcionaram a revolta aos dirigentes do clube: clima ruim
Novos protestos estão previstos para as arquibancadas do estádio da Ressacada. A vitória é fundamental para tirar o Flamengo do momento ruim e amenizar a pressão em relação ao trabalho de Zé Ricardo.

Foi o terceiro protesto em três dias no Flamengo. Na quinta-feira (8), torcedores receberam a delegação no Aeroporto do Galeão com xingamentos e ameaças após a derrota por 2 a 0. Na sexta-feira (9), cerca de 200 torcedores foram ao CT Ninho do Urubu e houve até reação da Polícia Militar com gás de pimenta e balas de borracha para acalmar os ânimos.

Os dirigentes adotam o discurso de respaldo ao trabalho de Zé Ricardo, mas a pressão só aumenta desde a eliminação vexatória na Copa Libertadores. Mais do que vencer, o Flamengo joga por dias mais tranquilos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos