'Devendo' cinco pontos, Atlético-MG inicia novo ciclo no Brasileirão

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • @atletico/Twitter

    Atlético-MG planejava ter 11 pontos em cinco rodadas, mas somou apenas seis

    Atlético-MG planejava ter 11 pontos em cinco rodadas, mas somou apenas seis

Para manter os jogadores motivados durante os sete meses de disputa do Campeonato Brasileiro, o técnico do Atlético-MG, Roger Machado, dividiu a competição em mini-competições. A cada cinco rodadas o treinador atleticano traça um novo objetivo para sua equipe. Neste domingo, às 16h, no Barradão, o Atlético inicia um novo ciclo, mas devendo pontos por não ter ido muito bem no objetivo passado.

Nas cinco primeiras rodadas o Atlético somou apenas seis pontos, cinco a menos do que era o planejado por Roger Machado e seus jogadores. A derrota para o Fluminense e o empate com a Ponte Preta, ambos no Independência, foram os resultados que impediram de o Atlético atingir a meta estipulada.

"Tem que ter um aproveitamento maior agora, para recuperar o percentual que deixou nesse ciclo. A gente imaginava 11 pontos neste primeiro momento. Se não recuperar agora, temos de recuperar gradativamente, para voltar ao bloco da frente. Se dividir o campeonato a cada cinco jogos, teremos as três rodadas finais que podem ser consideradas finais", explicou o treinador do Atlético.

Porém, neste novo mini-campeonato, o Atlético vai ter um desafio ainda maior. Dos cinco jogos, três vão ser como visitantes, contra Vitória, São Paulo e Chapecoense. Apenas vão ser no Independência, contra Atlético-PR e Sport.

"No primeiro bloco a gente jogou mais vezes em casa. Isso se alterna agora e vai ser assim durante todo o campeonato. E a responsabilidade é recuperar os pontos perdidos. Contra o Vitórias temos o dever de buscar o triunfo, para chegar um pouco mais na frente".

E para vencer a primeira partida como visitante neste Brasileirão, Roger Machado garante que o Atlético repetir a mesma postura que teve diante de Flamengo e Palmeiras, nas duas partidas fora de Belo Horizonte que já disputou nesta edição. Em ambas o Galo somou um ponto.

"Não sei se precisa fazer alguma coisa diferente. Mesmo conquistando apenas o empate, lá na frente vamos perceber que os empates foram importantes. O que precisar acontecer efetivamente é concretizar as boas atuações com vitorias. Empatar fora sempre é bom, mas sempre se busca a vitória. Pelo campeonato de longa duração e regularidade, é importante vencer fora de casa".

VITÓRIA x ATLÉTICO-MG

Motivo: 6ª rodada, Brasileirão 2017
Data/Hora: 11/06/2017, às 16h
Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Vitória: Fernando Miguel; Leandro Salino, Alan Costa, Fred e Thallyson; Willian Farias, Uillian Correia e Gabriel Xavier; Neilton, David e Kieza. Técnico: Alexandre Gallo.

Atlético-MG: Victor; Alex Silva, Felipe Santana, Erazo e Danilo; Rafael Carioca, Yago, Elias e Valdívia (Otero); Robinho e Fred. Técnico: Roger Machado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos