Vaiado no jogo anterior, Thiago Neves faz as pazes com torcida do Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

Na derrota por 2 a 0 diante da Chapecoense, na semana passada, Thiago Neves conheceu as primeiras vaias da torcida do Cruzeiro. Mas desta vez foi diferente. Nesta noite de domingo, o meia foi um dos grandes nomes do Cruzeiro na vitória diante do Atlético-GO, também no Mineirão, e saiu ovacionado pelo torcedor. Após a partida, o jogador reconheceu o momento abaixo do esperado e revelou que já vinha se cobrando para ter participações melhores dentro das quatro linhas.

"É assim mesmo, o torcedor me vaiou, mas não ele não estava satisfeito com todo o time. Naquele partida a gente estava jogando pela liderança e perdeu. Hoje está todo mundo de parabéns, jogadores e torcedores, é importante deixar claro que sem eles a gente não vai a lugar nenhum", comentou.

No primeiro tempo de jogo, o Cruzeiro encontrou muitas dificuldades para passar pela forte barreira do Atlético-GO. A saída para tentar chegar ao gol foi, muitas vezes, utilizar das jogadas de bolas paradas e chutes em longa distância. E nelas Thiago Neves se saiu bem. Chamando responsabilidade, o jogador foi o melhor atleta celeste antes do intervalo, carimbou o travessão e obrigou o goleiro Felipe a fazer ótimas intervenções. No segundo tempo, Thiago ainda participou da jogada do primeiro gol, dando um passe de calcanhar para Alisson, que serviu o argentino Ramón Ábila.

"Eu acho que eu tinha que finalizar mais, eu estava sendo cobrado por isso e me cobrava muito também, estava fazendo pouco. Hoje tentei fazer mais, mas o mais importante foi ganhar a partida, a vitória nos ajudou a encostar lá em cima de novo", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos