Gallo ganha a primeira, Vitória volta a vencer após 45 dias e ameniza crise

Roberto Oliveira

Colaboração para o UOL, em Recife

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Alexandre Gallo venceu a primeira no comando do Vitória e ganha paz para trabalhar

    Alexandre Gallo venceu a primeira no comando do Vitória e ganha paz para trabalhar

O placar de 2 a 0 contra o Atlético-MG, neste domingo (11), no Barradão, significou o primeiro resultado positivo do Vitória após 45 dias - e o primeiro de Alexandre Gallo em seu segundo jogo no comando da equipe.

Com o resultado, além de deixar a lanterna do Brasileirão,  o Vitória ameniza a grave crise interna que tomou conta do clube neste período. O último bom resultado do Leão baiano havia sido ainda em abril, no dia 27, placar de 2 a 1 em clássico contra o Bahia pela semifinal da Copa do Nordeste.

Desde então, haviam sido três empates e cinco derrotas - e apenas dois gols marcados. Neste ínterim, o clube teve duas trocas de comando técnico, sofreu com lesões dos seus dois principais atacantes e viveu forte turbulência política que culminou com a renúncia do diretor de futebol Sinval Vieira. A única boa notícia foi o título estadual contra Bahia, ofuscado pela crise e pelo título do próprio rival no Nordestão.

A  vitória sobre o Atlético-MG não é suficiente para tranquilizar totalmente o clima no Barradão nem para tirar a equipe da zona de rebaixamento do Brasileiro. Mas pelo menos diminui a pressão sobre o novo técnico Alexandre Gallo para que ele possa trabalhar em paz tendo em vista a reação da equipe.

"A gente está batendo muito na questão do erro zero, ainda tivemos um erro que quase o Atlético marca com o Fred, bateu na trave, mas criamos um número maior de chances que estávamos conseguindo e vencer foi muito bom. Porém, é só um primeiro passo, não podemos nos emocionar com uma vitória, é muito bacana só de hoje para amanhã. E a partir de amanhã é pensar com muita responsabilidade para enfrentar uma grande equipe como o Botafogo", avaliou Gallo após a vitória no Barradão.

"O que eu vou cobrar deles é esse nível de concentração, acho que hoje os atletas se concentraram de tal maneira que chamou a atenção de todos nós. Foi importante não tomar gols e a vitória foi bem-vinda. O mérito é todo dos atletas", comemorou.

Em 10 jogos, Vitória venceu duas vezes com intervalo de 45 dias

Vitória 2 x 1 Bahia, 27 de abril, Copa do Nordeste
Bahia 2 x 0 Vitória, 30 de abril, Copa do Nordeste
Bahia 1 x 1 Vitória, 3 de maio, Campeonato Baiano
Vitória 0 x 0 Bahia, 7 de maio, Campeonato Baiano
Avaí 0 x 0 Vitória, 14 de maio, Brasileiro
Vitória 0 x 1 Corinthians, 21 de maio, Brasileiro
Vitória 0 x 1 Coritiba, 27 de maio, Brasileiro
Fluminense 2 x 1 Vitória, 3 de junho, Brasileiro
São Paulo 2 x 0 Vitória, 8 de junho, Brasileiro

Vitória 2 x 0 Atlético-MG, 11 de junho, Brasileiro

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos