Grêmio vence Bahia com um gol de Cortez e cola no líder Corinthians

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

O Grêmio segue 100% em casa no Brasileirão e na cola do líder Corinthians. Nesta segunda-feira (12), no complemento da sexta rodada, o time gaúcho venceu o Bahia por 1 a 0. O gol da vitória saiu com Bruno Cortez, no final do segundo tempo. A vitória tem gosto ainda mais especial pela atuação, cheia de dificuldades contra um adversário bem armado.

A equipe de Renato Gaúcho chega aos 15 pontos, um atrás do Corinthians, e se isola como vice-líder. O Bahia estaciona nos nove pontos.

Quem decidiu: Bruno Cortez vai para área e marca

Lateral esquerdo apareceu dentro da pequena área e aproveito escanteio bem cobrado por Luan. O desvio dele, quase em cima da linha, completou uma jornada boa. Agudo, o camisa 12 foi sempre opção de passe para Pedro Rocha, Fernandinho e depois Everton.

Quem decepcionou: Arthur joga mais à frente e não vai bem

A cara nova do Grêmio em 2017 foi deslocado. Com entrada de Maicon, o camisa 29 jogou como armador. E ali, não conseguiu repetir as boas atuações. Foi o primeiro a sair no segundo tempo para entrada de Everton. Decepcionou pelo nível recente apresentado, com direito a gol e assistências.

Luan chega a 100 jogos na Arena

Autor de 12 gols na temporada, Luan já virou o maior goleador da Arena do Grêmio. Depois de superar Hernán Barcos na lista de quem mais balançou as redes do estádio inaugurado em dezembro de 2012, o camisa 7 chegou a marca de 100 partidas na casa do Tricolor.

Grêmio sofre pelo chão e decide no escanteio

O Grêmio não começou o jogo com marcação alta e pressionando o Bahia, mas rapidamente tomou a dianteira ao tentar propor. O time, porém, encontrou dificuldade para infiltrar e criar chances perto do gol de Jean. Pedro Rocha, com cavadinha que não terminou em gol, foi momento. Sem entrar na área, a saída foi chutar de longe. Mas não deu certo.

Com 15 minutos de segundo tempo o Grêmio mudou. Arthur saiu e Everton entrou. A troca deu mais profundidade ao time por alguns minutos, mas o meio-campo ficou menos criativo. Na reta final do jogo o Tricolor mudou tudo. Com Lincoln no lugar de Maicon, Ramiro recuou. Fernandinho, que havia entrado no lugar de Pedro Rocha, foi para direita e Everton caiu para esquerda. Luan foi adiantado e o time arriscou ainda mais.

O escanteio, um recurso não tão usual, foi decisivo. Luan bateu bem, a zaga do Bahia não afastou e Cortez marcou.

Bahia amarra Grêmio por baixo

O Bahia explorou bem os espaços de um Grêmio obrigado a avançar. As costas de Bruno Cortez e o meio-campo logo depois de saída de Maicon foram os caminhos para Zé Rafael, Allione e Eduardo criarem.

O time baiano também contrariou a lógica ao deixar a bola longa de lado e investir em transição rápida, com jogada pelo chão.

Renato põe Maicon no lugar de Barrios

Não, o capitão não jogou como centroavante, mas entrou no lugar do argentino naturalizado paraguaio. Sem o camisa 18, lesionado, Renato Gaúcho adiantou Luan e promoveu o retorno de Maicon. Assim, Arthur começou o jogo mais à frente - alinhado com Ramiro e Pedro Rocha. A ideia tirou profundidade do time e foi alterado depois de 1h de bola em jogo.

Com Everton entrando na vaga de Arthur, o ataque seguiu sem ter contundência. Fernandinho foi a segunda troca, na vaga de Pedro Rocha. Primeiro pela esquerda e depois pela direita, ele conseguiu boas vitórias pelos lados. A última modificação foi Lincoln no lugar de Maicon. E aí o Grêmio alterou bastante a estrutura ofensiva.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 0 BAHIA

Data e hora: 12/06/2017 (segunda-feira), às 20h (Horário de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 23.875 pessoas (22.103 pagantes)
Renda: R$ 782.927,00
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence (ambos de GO)
Cartões amarelos: Gustavo Ferrareis (BAH)
Gols: Bruno Cortez, aos 40 minutos do segundo tempo (GRE)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e B. Cortez; Michel, Michel, Maicon (Lincoln), Ramiro, Arthur (Everton) e Pedro Rocha (Fernandinho); Luan
Técnico: Renato Gaúcho

BAHIA: Jean; Eduardo, Thiago, Lucas Fonseca (Rodrigo) e Matheus Reis; Renê Júnior e Juninho; Zé Rafael, Allione (Gustavo Ferrareis) e Vinícius (Mendoza); Edigar Junio
Técnico: Jorginho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos