Renato valoriza Grêmio sem desespero e inteligente contra o Bahia

Do UOL, em Porto Alegre

O Grêmio venceu o quinto jogo no Campeonato Brasileiro e Renato Gaúcho gostou do jeito que a vitória chegou. Depois de fazer 1 a 0 no Bahia, nesta segunda-feira (12), o treinador exaltou a inteligência do time e a capacidade de não cair em desespero diante da falta de espaços em jogo que fechou a sexta rodada.

A vitória empurrou o Tricolor aos 15 pontos, colocado no líder Corinthians, que soma 16.

"O adversário tinha um contra-ataque bom, rápido. Fui mexendo aos pouquinhos, na hora certa, para não expor e entrarmos no desespero. O Bahia veio para jogar fechado, não dando espaço e buscando contra-ataque para achar gol. Nós marcamos bem, saímos e botamos o time para frente aos pouquinhos. E conseguimos o gol", comentou Renato.

Com Maicon na vaga de Lucas Barrios, lesionado, o Grêmio jogou com formação inédita no meio-campo. O capitão entrou ao lado de Michel e Arthur foi adiantado. Alinhado com Ramiro e Pedro Rocha, o camisa 29 não rendeu tão bem e o time perdeu contundência. As trocas ajudaram o Tricolor a ganhar terreno e retomar a verticalidade.

"Jogar verticalmente depende do adversário, dos espaços. Nós tivemos 62% de posse de bola. O time não pode se desesperar. As oportunidades vão aparecer. Temos que ser mortais, como estamos sendo. Por méritos da equipe os adversários vão ficando cada vez mais espertos, vão analisando a equipe do Grêmio para neutralizar nossas jogadas. O mais importante, hoje, foram os três pontos", ressaltou o treinador do time gaúcho.

Renato Gaúcho ainda explicou o motivo para ter optado por Maicon, com alteração do meio-campo. Nas palavras do técnico, ninguém à disposição para o jogo seria capaz de reproduzir a característica de Lucas Barrios.

"Tínhamos três jogadores de qualidade, que rodam bastante e sem posição fixa. Eu poderia ter colocado um atacante se ele tivesse as características do Barrios. Infelizmente não tenho. O Everton entrou contra a Chapecoense em um jogo com espaços. Hoje agora era preciso de toque para abrir", apontou. "Se eu tivesse um jogador que saiba jogar entre os zagueiros, poderia começar com ele. Com o Everton joga com espaço, optei pelo Maicon", reiterou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos