Pratto ressalta volta de 'atitude e raça', mas cobra vitória sobre o Galo

Do UOL, em São Paulo (SP)

A atuação não foi brilhante, o time precisou recuar para não correr riscos e só ficou no 0 a 0 com o Sport nesta quarta-feira, mas o São Paulo encontrou o que comemorar após o jogo na Ilha do Retiro. Para o centroavante Lucas Pratto, a equipe mostrou superação depois da derrota para o Corinthians no último domingo. Mas o capitão sabe que ainda é pouco e cobra vitória na oitava rodada do Campeonato Brasileiro, às 16h de domingo no Morumbi, contra o Atlético-MG.

"Precisamos de uma vitória no domino para fazer esse ponto de hoje valer a pena. O time está de parabéns porque levantou a cabeça depois de uma derrota muito dura. Teve atitude e raça, como sempre deve ter no São Paulo", declarou o artilheiro logo após o jogo no Recife.

Foi a primeira vez que o Tricolor pontuou e não sofreu gols fora de casa na Série A, mas a atuação irregular acabou custando um resultado ainda melhor dos comandados de Rogério Ceni. "No primeiro tempo, se caprichássemos mais, poderíamos ter feito o gol. No fim tivemos uma chance muito clara com o Gilberto, mas a defesa do goleiro (Magrão) foi muito boa. Temos que vencer agora para seguirmos mais tranquilos", prosseguiu Pratto, que perdeu uma das melhores oportunidades da primeira etapa.

Além dos erros técnicos, o São Paulo ainda lamentou três impedimentos mal marcados: um de Wellington Nem, que erraria o domínio, um de Thomaz, na chance mais clara, e um de Gilberto, que cabeceou sozinho para fora. Por outro lado, viu o Sport reclamar de três pênaltis. Os de Samuel Xavier e Thomas foram ignorados corretamente, mas, nos acréscimos, Heber Roberto Lopes deixou passar penalidade cometida por Wesley em André.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos