Volta ao time titular do Vasco faz Nenê atingir limite para transferência

Bernardo Gentile e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Carlos Gregório Júnior / Flickr do Vasco

    Nenê voltará a ser titular no Vasco e ficará perto do limite de transferência da Série A

    Nenê voltará a ser titular no Vasco e ficará perto do limite de transferência da Série A

Confirmado como titular na vaga do poupado Luis Fabiano nesta quarta-feira, contra a Chapecoense, às 21h45, na Arena Condá (SC), Nenê atingirá o limite de partidas estipulado pela CBF para uma possível transferência a outro clube da Série A neste Campeonato Brasileiro.

O meia, até aqui, soma cinco jogos, sendo quatro iniciando no banco de reservas. De acordo com o regulamento da confederação, quando o jogador chega aos sete fica impossibilitado de ser negociado para outra equipe da mesma divisão na competição vigente. Ele pode, portanto, extrapolar este limite caso entre em campo também no sábado, diante do Avaí, em São Januário.

Insatisfeito por não ser mais titular com frequência do time, Nenê conversou recentemente com a diretoria e ganhou um sinal verde para negociar com outros clubes. No cenário brasileiro, o Vitória fez uma oferta e Grêmio e Botafogo realizaram sondagens. Nenhuma transação, porém, andou até o momento.

Se Nenê estourar o limite de partidas no Campeonato Brasileiro, ao meia restará somente uma transferência no mercado internacional, onde a janela se abre agora no mês de junho. Há ainda a possibilidade nas outras divisões, algo que, inicialmente, está descartado pelo meia.

"Mudou a história da partida"

Após o treino realizado em Chapecó (SC) nesta terça-feira, o técnico Milton Mendes justificou a opção por Nenê destacando sua atuação na vitória sobre o Sport por 2 a 1, na última rodada.

"Eu garanto: o Nenê joga. Sempre falo muito em performance. Quem for bem vai jogar. Sempre tivemos muito cuidado com Nenê. O Nenê entrou muito bem no último jogo, mudou a história da partida", declarou.

No duelo contra a Chapecoense, porém, Nenê jogará numa posição diferente da que está acostumado. Ele fará justamente a função de Luis Fabiano. A intenção é explorar sua facilidade para fazer o pivô.

Outra mudança deverá ser a entrada do jovem Alan, de 19 anos, na vaga de Manga Escobar. O garoto também atuará em outra posição, mais avançado, já que sua função oficial é como lateral esquerdo.

"O Manga também deve ser poupado em alguma etapa, primeiro ou segundo tempo. Temos cuidado com alguns jogadores. O Luis Fabiano, por exemplo, queremos que esteja 100% em todos os jogos", disse Milton.

Treino junto com a Chape

A curiosidade do treino desta terça ficou por conta dos treinamentos de Vasco e Chapecoense terem sido realizados no mesmo local. Jogadores e comissões técnicas conversaram em clima harmonioso e o técnico Milton Mendes brincou com a situação:

"Não olhei [o treino da Chape]. Em forma de respeito ao adversário. Mancini é meu amigo. Vou trabalhar naquilo que eu já sabia. Respeito muito o Mancini. Está fazendo um ótimo trabalho na Chape". 

CHAPECOENSE X VASCO
Local:
Arena Condá, em Chapecó (SC)
Hora: 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas - BA (CBF)
Auxiliares: Alessandro A. Rocha de Matos - BA (FIFA) e Elicarlos Franco de Oliveira - BA (CBF)

Chapecoense
Jandrei; Apodi, Luiz Otávio, Douglas Grolli e Diego Renan (Reinaldo); Andrei Girotto, Luiz Antonio e Seijas; Rossi, Arthur e Wellington Paulista
Técnico: Vagner Mancini

Vasco
Martín Silva, Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Jean, Douglas, Wellington, Mateus Vital e Alan; Nenê
Técnico: Milton Mendes
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos