Alan chora ao ser substituído no Vasco e Milton confessa medo de expulsão

Do UOL, no Rio de Janeiro

O jovem lateral-esquerdo Alan, de apenas 19 anos, protagonizou umas das principais cenas do jogo entre Chapecoense e Vasco ao chorar depois que foi substituído ainda aos 25 minutos do primeiro tempo na Arena Condá (SC).

O jogador, que foi improvisado na ponta esquerda, havia recebido um cartão amarelo logo no início da partida e participou de dois lances duvidosos em que os catarinenses pediram outra advertência, que o levaria ao vermelho. O técnico Milton Mendes, então, preferiu sacá-lo com medo de que ele fosse expulso.

Alan tentou ser contido pelo treinador e por auxiliares, mas deu as costas e chorou copiosamente no banco de reservas.

"Fiz uma substituição no primeiro tempo porque fiquei com receio que o Alan fosse expulso", admitiu Milton Mendes.

A primeira jogada em que a Chape pediu um cartão para Alan foi numa dividida com Apodi. A segunda foi após uma triangulação de ataque do Vasco em que o jovem caiu na área alegando pênalti. Os catarinenses, por sua vez, entenderam ter sido uma simulação. Milton Mendes, no entanto, acredita que a infração aconteceu.

"Vi o lance do Alan e me pareceu penalidade, mas o juiz não deu", disse.

Com a derrota por 2 a 1, o Vasco segue sem pontuar fora de casa no Campeonato Brasileiro. Forte no Rio de Janeiro, os cariocas terão a chance de subir na tabela com a sequência de três jogos na cidade, sendo Avaí e Atlético-GO em São Januário e o clássico com o Botafogo, no Engenhão.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos