Vasco tem mais que o dobro de finalizações com Luis Fabiano em campo

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Luis Fabiano é o artilheiro do Vasco no Brasileiro com cinco gols em cinco jogos

    Luis Fabiano é o artilheiro do Vasco no Brasileiro com cinco gols em cinco jogos

A comissão técnica do Vasco tem optado por poupar o atacante Luis Fabiano dos jogos fora de casa no Campeonato Brasileiro. E a ausência do jogador, que é o artilheiro da equipe na competição com cinco gols em cinco partidas, tem feito falta ao poderio ofensivo do time já que, com ele em campo, o Cruzmaltino tem mais que o dobro de finalizações.

Entre chutes a gol certos e errados, o Vasco tem uma média de 16,7 com Fabuloso atuando e de apenas 7 sem ele. Os dados são do Footstats.

Até mesmo na única partida em que ele jogou como visitante, na derrota por 4 a 0 para o Palmeiras, o Cruzmaltino finalizou bastante: foram 13. O jogo diante do Alviverde, aliás, foi o único em que o atacante passou em branco. Em seguida deixou o dele diante de Bahia, Fluminense, Sport e duas vezes sobre o Corinthians.

Contra a equipe paulista, por exemplo, Luis Fabiano finalizou oito vezes. Já enfrentando Bahia e Fluminense, foram quatro. Para se ter uma ideia, na derrota por 2 a 1 para a Chapecoense nesta quarta-feira, toda a equipe do Vasco só finalizou cinco vezes na partida inteira, sendo três erradas e duas certas.

Técnico do Vasco, Milton Mendes admitiu que faltou agressividade diante dos catarinenses:

"Faltou essencialmente agredirmos um pouco mais. Queríamos não sofrer gol e o Nenê prender a bola na frente para as entradas do Mateus e do Douglas vindo de trás. Depois tentamos modificar e coloquei o Andrezinho para termos mais posse de bola. Conseguimos entrar no jogo e igualar. Depois, no segundo tempo levamos aquele gol. Tentei dar velocidade com o Manga e depois com o Caio. Precisamos mudar nossa atitude fora de casa. A equipe precisa ser mais estratégica e firme nas nossas convicções. Mas os jogadores lutaram muito e deixaram tudo dentro de campo".

A ideia de poupar Luis Fabiano leva em consideração o desgaste físico da sequência de jogos e das viagens cansativas para o jogador de 35 anos.

O atacante deverá retornar ao time neste sábado, contra o Avaí, em São Januário. O alerta, porém, precisa estar ligado já que ele está pendurado com dois cartões amarelos.

Média de mais de dois gols sofridos por jogo

Se no ataque a equipe sente a falta de seu artilheiro, atrás o time ainda tenta se encontrar. Defesa mais vazada do Campeonato Brasileiro, o Vasco tem uma média preocupante de 2,43 gols sofridos por jogo na competição. Contando toda esta temporada, o Cruzmaltino já sofreu assustadores 39 gols em 29 partidas.

Milton Mendes revelou que a estratégia montada para o duelo com a Chapecoense era justamente não sofrer gols:

"Nossa estratégia era não levar gol e o Nenê prender a bola na frente. Conseguimos igualar a partida, e no segundo tempo levamos aquele gol. Tentei dar velocidade com o Manga e com o Caio (Monteiro). Não deu certo".

Forte no Rio de Janeiro, os cariocas terão a chance de subir na tabela com a sequência de três jogos na cidade, sendo Avaí e Atlético-GO em São Januário e o clássico com o Botafogo, no Engenhão.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos