Corinthians encara Coritiba após dívida por Kazim e arrancadas inesperadas

Diego Salgado e Napoleão de Almeida

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Corinthians busca a manutenção da liderança no Campeonato Brasileiro

    Corinthians busca a manutenção da liderança no Campeonato Brasileiro

O Corinthians de Fábio Carille será novamente colocado à prova na manhã deste domingo. Dessa vez, o líder do Campeonato Brasileiro enfrentará o Coritiba no Couto Pereira, adversário que também surpreende no começo da competição.

Assim como o Corinthians, o time coxa-branca se mantém entre os primeiros colocados do Brasileirão, com 15 pontos, na terceira posição. A equipe paulista, por sua vez, soma 19 pontos, um a mais que o Grêmio. As campanhas inesperadas, para quem não apontava as duas equipes como favoritas no torneio, passam pelo sucesso de dois técnicos com trajetórias marcadas por coincidências.

Na década de 1990, no Brasileirão de 96, Fábio Carille e Pachequinho jogaram juntos no Coritiba. Foram 14 jogos que o atual técnico corintiano fez com a camisa alviverde. Ex-colegas de equipe, os dois têm trajetórias similares como técnicos. Foram a solução caseira em busca de estabilidade. O Corinthians encontrou isso em Fábio Carille. O Coritiba, em Pachequinho - ambos eram auxiliares no ano passado e levaram seus respectivos times ao título estadual.

Pachequinho, ao contrário de Carille, assumiu o Coritiba em março após a queda de Paulo Cézar Carpegiani. Já Carille iniciou a temporada como treinador corintiano depois da decisão da diretoria em encerrar o vínculo com Oswaldo de Oliveira em dezembro.

Dívida causou desentendimento nos bastidores

No começo do ano, o Corinthians acertou a contratação do atacante Kazim, que defendia o Coritiba. O acerto pelo transferência, entretanto, se arrastou por meses e acabou em cobrança pública do gerente de futebol Alex Brasil.

Sem acordo, o clube paranaense chegou à Justiça para pedir penhora de quase R$ 890 mil. Semanas depois, a diretoria do Corinthians renegociou a pendência financeira. 

O valor total da dívida era de R$ 886 mil do total de R$ 1,2 milhão acordados pela aquisição do jogador em janeiro. O Corinthians não havia pago a entrada de R$ 450 mil, tampouco duas parcelas seguintes, o que levou o Coritiba à justiça e abriu a possibilidade de uma penhora. 

O Corinthians combinou o pagamento em oito parcelas iguais, com juros e correção pelos atrasos, além de multa e custos do processo. Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, o primeiro pagamento venceu no começo do mês e foi quitado pelo Corinthians.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA X CORINTHIANS

Data: 18 de junho de 2017, domingo
Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Horário: 11h (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (8ª rodada)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Michael Correia (ambos do RJ)

CORITIBA: Wilson; Dodô, Werley, Márcio e William Matheus; Alan Santos, Matheus Galdezani e Tiago Real; Rildo, Henrique Almeida e Alecsandro (Neto Berola). Técnico: Pachequinho

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos