Corinthians empata com Coritiba e poderá perder a liderança do Brasileirão

Do UOL, em São Paulo

Coritiba e Corinthians ficaram no empate em 0 a 0 neste domingo (18), no Estádio Couto Pereira. O resultado coloca em risco a liderança do time paulista no Campeonato Brasileira. Ao fechar da rodada, a equipe alvinegra pode ser ultrapassada pelo Grêmio.

A partida, porém, foi só o ato final de um dia que começou com um ataque da torcida do Coritiba, que resultou em seis torcedores corintianos feridos, sendo um em estado grave.

A confusão aconteceu nas proximidades do estádio, perto da sede da Império Alviverde, uma das organizadas do Coritiba. Um torcedor do Corinthians foi rodeado por um grupo e agredido com chutes e pisões na cabeça. Ele está internado em estado grave.

Com a bola rolando, Coritiba e Corinthians abusaram dos passes errados. Mesmo com o time paranaense criando as principais chances, o duelo terminou sem gols. O Corinthians ainda teve um gol mal anulado de Jô.

O resultado coloca em risco a liderança do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Com 20 pontos, o time paulista pode ser ultrapassado pelo Grêmio, que tem 18 pontos e entra em campo na segunda-feira (19), contra o Cruzeiro. O Coritiba ocupa a terceira posição provisória, com 15 pontos, podendo ser ultrapassada pela Chapecoense, que tem 13.

Na próxima rodada, o Corinthians recebe o Bahia, na quinta-feira (22), às 19h30. No mesmo dia, o Coritiba vai a Porto Alegre enfrentar o Grêmio, às 21h (de Brasília).

Coritiba pressiona após início truncado

Depois de um início de primeiro tempo equilibrado e sem grandes chances para ambas as equipes, o Coritiba começou a controlar as ações da partida na parte final da etapa inicial. Em suas principais jogadas, o clube paranaense tentava alçar bolas na área, mas parava na força de Balbuena e Pablo neste quesito. A chance mais clara saiu aos 42 minutos. Henrique Almeida partiu livre pela direita, ganhou na corrida de Pablo e chutou para a boa defesa de Cássio.

Coritiba domina o segundo tempo, mas pouco cria

Assim como no final da primeira etapa, o segundo tempo teve o Coritiba controlando as ações. O time paranaense, porém, pouco conseguia criar. As principais chances passaram ao lado do gol de Cássio. Em uma delas, aos 21 minutos da segunda etapa, William Matheus cruzou e Henrique Almeida pegou de primeira, mandando para fora.

Corinthians tem gol anulado

Apostando nos contra-ataques no segundo tempo, o Corinthians chegou a balançar as redes aos 42 minutos. O árbitro assistente, no entanto, viu impedimento no passe de Maycon para Jô. A imagem da transmissão oficial, porém, mostrou que o atacante corintiano estava atrás da linha da bola.

Substituto de Jadson joga 28 minutos

O quarto jogo consecutivo de Marquinhos Gabriel como titular durou apenas 28 minutos. Escolhido por Fábio Carille para substituir Jadson, poupado, o camisa 31 deixou a partida por causa de uma dor na coxa. Ele foi substituído por Clayson.

Ataque deixa feridos e atrasa início da partida

As horas prévias da partida foram marcadas por um ataque da torcida do Coritiba nas imediações do estádio Couto Pereira. Seis corintianos ficaram feridos, sendo um em estado grave. Por causa da briga, o Corinthians atrasou em 25 minutos sua chegada, fazendo com que o hino nacional fosse tocado apenas com a presença dos jogadores do Coritiba e a partida tivesse início com três minutos de atraso.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 0 X 0 CORINTHIANS

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba
Data: 18/06/2017 (domingo), às 11h (de Brasília)
Público: 25.182 presentes
Renda: R$ 1.072.545,00
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Michael Correia, ambos do Rio de Janeiro
Cartões Amarelo: Dodô e Marcio, pelo Coritiba; Fagner, Gabriel e Romero pelo Corinthians
Cartões Vermelho: -
Gols: -

CORITIBA: Wilson; Dodô, Marcio, Werley, William Matheus; Jonas, Alan Santos (Neto Berola), Matheus Galdezani; Rildo (Iago), Henrique Almeida (Tiago Real) e Alecsandro. Técnico: Pachequinho.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo, Guilherme Arana; Gabriel (Camacho), Maycon, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel (Clayson), Romero (Pedrinho); Jô. Técnico: Fábio Carille.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos