Botafogo vence Vasco com dois de Roger e encerra jejum de 11 jogos

Bernardo Gentile e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

O Botafogo não tomou conhecimento do Vasco nesta quarta-feira e venceu o rival por 3 a 1 no Estádio Nilton Santos (Engenhão). O grande destaque da partida foi Roger, que marcou duas vezes. Victor Luis completou o placar para o Alvinegro e Caio Monteiro descontou. O triunfo findou uma invencibilidade do Cruzmaltino que já durava 11 jogos.

Com a vitória, o Botafogo chega aos 15 pontos e pula para a 4ª colocação. O Alvinegro volta a campo na próxima segunda, quando medirá forças com o Avaí, no Nilton Santos.

O Vasco, por outro lado, se mantém com 12 pontos e cai para a 9ª posição. O Cruzmaltino recebe o Atlético-GO no domingo, em São Januário.

Vasco desconta no fim em lance polêmico

Quando a derrota já estava definida, o Vasco ainda descontou. O lance foi um tanto quanto polêmico. Luis Fabiano ganhou dividida com Igor Rabello e rolou para Caio Monteiro estufar as redes. Os botafoguenses reclamaram muito de falta do atacante do Cruzmaltino.

Clima esquentou

O clima esquentou no segundo tempo, quando o Botafogo já vencia por 3 a 0. Dudu Cearense fez falta em Jean e reclamou bastante segurando a bola. Breno quis bater falta com rapidez e se estranhou com o botafoguense. Mais tarde, Roger também quase chegou às vias de fato com o zagueiro do Vasco.

Roger faz 2º e define vitória

O Vasco voltou para o segundo tempo buscando uma reação, mas a verdade é que pouco conseguia criar. O Botafogo, por outro lado, era muito perigoso nos contra-ataques. Em um deles, aos 15min, Roger aproveitou sobra de bola e encheu o pé para fazer seu segundo no jogo e definiu a vitória.

Ídolos de 89 são ovacionados no intervalo

A conquista do Campeonato Carioca de 1989, que tirou o Botafogo da fila de 21 anos sé títulos ainda é muito comemorada pela torcida. Nesta quarta-feira, a conquista comemora aniversário de 18 anos e alguns ídolos daquele time foram ovacionados no intervalo. Eles deram uma volta olímpica e receberam aplausos dos torcedores.

Após gol, Vasco cresce, mas é Bota quem amplia

Após o gol, o Botafogo ainda manteve o ritmo forte por poucos minutos. Depois, o que se viu foi um domínio total do Vasco, que não criava chances de gol. Acostumado a jogar no contra-ataque, o Botafogo ampliou no último lance do primeiro tempo. Victor Luis bateu falta com violência de fora da área e fez o segundo.

Muito sangue!

Aos 31min do primeiro tempo, o Vasco tentava empatar o jogo em cobrança de escanteio. A zaga afastou, mas João Paulo ficou caído sangrando muito no rosto. É que o volante Douglas tentou acertar a bola com o pé e acabou acertando o adversário na cabeça.

Botafogo sai na frente com gol relâmpago

Jogando em casa, o Botafogo foi para o abafa nos minutos iniciais. E a tática deu certo. Em grande jogada de Bruno Silva, que vive grande momento na temporada, cruzou na medida para Roger desviar de cabeça e abrir o placar aos 4min. 

Torcedor ilustre

O volante Souza, revelado no Vasco e que atualmente defende o Fenerbahçe (TUR), tirou um tempinho de suas férias para acompanhar ao vivo do Nilton Santos o clássico entre o Botafogo e seu ex-clube. Em diversas ocasiões, o jogador declarou que tem o desejo de um dia retornar. Ano passado, ele ficou alguns dias se tratando no Caprres, o centro de saúde vascaíno.

Jefferson volta a ser relacionado e é ovacionado

Satiro Sodré/SSPress/Botafogo

Foram 13 meses afastado dos gramados por causa de uma rara lesão no tríceps. Após duas cirurgias e muita fisioterapia, Jefferson está de volta aos gramados. Pelo grande momento em que vive Gatito Fernandez, o goleiro ficará no banco de reservas neste primeiro momento. Ao entrar para o aquecimento, o ídolo foi ovacionado pelos torcedores.

Martin Silva tem muito o que comemorar contra o Botafogo

A noite é especial para Martin Silva. O goleiro completa 170 jogos nesta quarta-feira com a camisa do Vasco. E o adversário não poderia ser melhor. O uruguaio chegou ao Rio de Janeiro em 2014 e desde então jamais perdeu para o Botafogo. São 11 jogos de invencibilidade.

BOTAFOGO 3 X 1 VASCO

Data e hora: 21/06/2017, quarta-feira, às 21h (horário de Brasília)
Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)
Gols: Roger, aos 4min, e Victor Luis aos 49min do primeiro tempo; Roger, aos 15min, Caio Monteiro, aos 38min do segundo tempo
Cartões amarelo: Victor Luís, João Paulo e Joel Carli (BOT)

Botafogo
Gatito; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso (Montillo), Matheus Fernandes (Dudu Cearense), Bruno Silva (Guilherme) e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger
Técnico: Jair Ventura

Vasco
Martin Silva; Gilberto, Paulão, Breno e Henrique (Madson); Jean, Douglas, Matheus Vital (Caio Monteiro), Nenê e Yago Pikachu (Paulo Vitor); Luis Fabiano
Técnico: Milton Mendes

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos