Grêmio divide gols e se isola como melhor ataque sendo 'democrático'

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Rimoli/AGIF

    Grêmio tem média de 2,6 gols por jogo no Brasileirão, mas sem artilheiro isolado

    Grêmio tem média de 2,6 gols por jogo no Brasileirão, mas sem artilheiro isolado

Fazer gols pelo Grêmio não é mais missão de poucos. Dono do melhor ataque do Brasileirão, o Tricolor divide as incríveis 21 bolas na rede entre nove jogadores. A 'democratização' do poder de fogo ajuda a explicar a ideia de jogo do time de Renato Gaúcho e também o momento atual da equipe. Mesmo diante da ausência de dois artilheiros no ano, segue marcando.

Em quase seis meses, o Grêmio já teve três goleadores diferentes. Primeiro foi Miller Bolaños. Depois foi Lucas Barrios e agora é Luan. Bolaños foi superado por Barrios quando se lesionou. E o roteiro se repetiu na nova troca de artilharia. Luan, inclusive, superou a própria marca de toda temporada passada em junho.

Os 13 gols dele, contudo, não diminuem o feito coletivo do Grêmio. No Brasileirão, o camisa 7 balançou as redes quatro vezes. Assim como Everton, Luan é responsável por 19% dos gols do Tricolor no campeonato.

Para efeito de comparação, o segundo melhor ataque do Campeonato Brasileiro tem cenário oposto. Dos 14 gols marcados pelo Corinthians, 29% saíram de Jô. O Fluminense, terceiro no ranking de times mais efetivos, tem 62% das bolas na rede computadas a Henrique Dourado.

No Grêmio, o 'regime democrático' engloba todos os setores. Michel e Ramiro representam o meio-campo e acumulam três gols cada um. A defesa aparece na listagem de artilheiros com Edilson, Bruno Cortez e Rafael Thyere.

Diante do Cruzeiro, dois gols foram marcados por volantes que apareceram na área. No jogo com o Bahia, foi um lateral quem decidiu quase em cima da linha após escanteio do lado oposto.

"O Grêmio faz gol de todos os jeitos porque a gente treina. Esse repertório é importante, dificulta muito a marcação do adversário. Não é milagre, é trabalho. Esse grupo é maravilhoso, tem dado orgulho a mim e toda nossa torcida. É um grupo que sabe o que quer, busca os três pontos sempre", comentou Renato Gaúcho após o empate no Mineirão.

Na quinta-feira, o melhor ataque do Campeonato Brasileiro enfrenta a melhor defesa. O Tricolor recebe o Coritiba, em jogo válido pela nona rodada. E no domingo, o compromisso é diante do Corinthians. Segundo na tabela de melhor ataque e defesa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos