Palmeiras vence o Atlético-GO com gol de Borja e milagre de Prass

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras não deu espetáculo, mas conseguiu a vitória por 1 a 0 em cima do Atlético-GO na noite desta quarta-feira (21) e continua na sua missão de subir na tabela do Brasileirão. Mais do que isso, a equipe ainda viu o seu artilheiro Borja desencantar e ser o autor do gol da vitória depois de um mês no banco de reservas. 

O jogo foi marcado por um primeiro tempo bastante apático por parte dos palmeirenses. A equipe rival se sentia em casa e levou perigo três vezes ao gol de Fernando Prass. Até que Borja, nos acréscimos do 1º tempo, desviou cruzamento de Roger Guedes e abriu o placar para o alívio das arquibancadas que já ensaiavam vaias.

Na etapa final, a equipe paulista dominou as ações e criou boas chances com o colombiano e com Guerra. Ambos pararam em Felipe. No único lance de real perigo do Atlético-GO no segundo tempo, perto dos 40 minutos, Fernando Prass fez milagre e defendeu chute Júnior Viçosa quase dentro da pequena área.

Agora, na classificação o Palmeiras encosta no grupo de cima da tabela com 13 pontos e se prepara para enfrentar a Ponte Preta no domingo, às 16h, no Moisés Lucarelli. Já o Atlético-GO segue na zona de rebaixamento com seis pontos e começa a se complicar no campeonato. O próximo compromisso está marcado para 11h de domingo, contra o Vasco, em São Januário.

Daniel Vorley/AGIF
Borja comemora após abrir o placar para o Palmeiras contra o Atlético-GO

O melhor: Guerra. Tecnicamente, o jogo não foi incrível. Mas as poucas jogadas em que a bola foi bem tratada foram feitas por Alejandro Guerra. Cérebro da equipe, ele se consolida como melhor jogador do Palmeiras. 

O pior em campo: Egídio. O lateral esquerdo foi um dos mais acionados pelos companheiros e não conseguiu acertar um cruzamento sequer. Muito rápido na hora de atacar, ele ainda recebeu diversas broncas de Cuca no primeiro tempo pelo problema defensivo.

Atlético-GO se sente em casa

Sem ganhar nenhuma partida como visitante até aqui no Brasileirão, o Atlético-GO não se intimidou em jogar no Allianz Parque. Pelo contrário. Criou três boas chances de gol em jogadas de velocidade, sempre pelas laterais e explorando o contra-ataque. Em uma delas, Everaldo deixou Edu Dracena no chão e ficou cara a cara com Fernando Prass. Na hora de tirar o 10... a bola foi para fora

A torcida perdia a paciência, quando Borja resolve

Os quase 30 mil que foram ao estádio começavam a perder a paciência com a falta de ofensividade do Palmeiras e o excesso de chuveirinhos. A equipe de Cuca insistia muito na bola parada e nas jogadas pelas laterais. Borja lutou bastante como o pivô e chegou a fazer boa jogada com Roger Guedes, que tentou driblar o goleiro e caiu reclamando de falta.

O Palmeiras insistiu até que uma das jogadas de lateral deu certo. Roger Guedes recebeu pela direita de Guerra e chutou cruzado. Borja desviou e fez o primeiro gol dele desde 14 de maio, quando ele fez dois na vitória por 4 a 0 em cima do Vasco. 

Gringos fazem a diferença

O Palmeiras começou o segundo tempo pressionando o Atlético-GO e ameaçou o time por duas vezes com cabeçadas dos colombianos. Mina e Borja subiram uma vez cada mais alto que a zaga rival e pararam na defesa de Felipe. A melhor chance veio em tabela de Guerra, com domínio espetacular de calcanhar, com Borja. O atacante ficou cara a cara com Felipe e parou nos pés do goleiro. 

Dudu volta ao campo, dá caneta e perde gol incrível

Parado desde 31 de maio, quando se machucou em jogo contra o Internacional, Dudu voltou a jogar pelo Palmeiras. Ele entrou no lugar de Keno aos 25 minutos do 2º tempo e acertou uma caneta logo no seu primeiro lance. Depois, já aos 35 minutos, ele recebe bom passe de Roger Guedes, que fez jogada pela direita e desperdiçou gol incrível, quase em cima da linha.

Atlético-GO só joga na bola aérea

Depois de ter um primeiro tempo pressionando bastante, especialmente nos contra-ataques, o Atlético-GO voltou ao segundo tempo precisando buscar o jogo por estar atrás no placar e não conseguia. A equipe de Goiás se limitava a alçar bola na áerea, mas não passava pela defesa rival, especialmente por Mina.

Salva, Fernando Prass!

Em um dos poucos contra-ataques bem trabalhado pelo Atlético-GO, Fernando Prass precisou fazer milagre para evitar o empate. Júnior Viçosa invadiu a área e ficou cara a cara com o goleiro. Na hora do chute, o palmeirense fez milagre.

Reforço conhece o estádio

Reprodução/Instagram
Bruno Henrique conhece o Allianz Parque em jogo contra o Atlético-GO

Depois de conhecer as instalações da Academia de Futebol do Palmeiras, Bruno Henrique aproveitou o jogo desta quarta-feira para conhecer o Allianz Parque como jogador alviverde. Ele acompanhou ao jogo de um dos camarotes do estádio. O meio-campista apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) nesta quarta-feira e pode até estrear no domingo se Cuca quiser.

Mais um problema no meio?

Tchê Tchê deixou o gramado de maca e foi substituído por Luan, preocupando a comissão técnica. Vale lembrar que o Palmeiras já está sem Felipe Melo, Thiago Santos, Arouca e Moisés para a posição. O quarteto está no departamento médico.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 x 0 ATLÉTICO-GO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 21 de junho de 2017 (quarta-feira)
Horário: 21h (de Brasília)
Renda: R$ 1.590.701,88
Público: 29.014 torcedores
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fábio Pereira (TO)
Cartões amarelos: Mina e Guerra (PAL); Silva, André Castro (AGO)
Gol: Borja, aos 46 minutos do 1º tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Yerry Mina, Edu Dracena e Egídio; Jean, Tchê Tchê (Luan) e Alejandro Guerra; Róger Guedes, Miguel Borja (Raphael Veiga) e Keno (Dudu).
Técnico: Cuca.

ATLÉTICO-GO: Felipe; André Castro, Roger Carvalho, Eduardo Gabriel e Bruno Pacheco; Marcão, Silva, Breno Lopes, Andrigo (Diego Rosa) e Luiz Fernando; Everaldo (Junior Viçosa).
Técnico: Doriva.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos