Carille confirma novo titular no Sul e vê Gabriel fazer faltas excessivas

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

Sem Gabriel, expulso diante do Bahia, a titularidade no meio-campo do Corinthians diante do Grêmio será de Paulo Roberto. Depois da vitória por 3 a 0 nesta quinta-feira, o treinador Fábio Carille confirmou o substituto e admitiu que o jogador, embora injustamente expulso, deu margem para o árbitro. 

"O Paulo Roberto jogou fez dois jogos como volante com a Ponte Preta. Jogou muito em Campinas, empate em 1 a 1, foi o melhor do time. Aqui, na final do Paulista, a gente já tinha a vantagem e ele controlou. É um excelente jogador, conheço desde 2010 no Brasileirão pelo Guarani. Desde lá acompanho o Paulo. Suportou muito bem na lateral por nunca ter jogado", disse Carille.

"Pensei em tirar o Gabriel [tinha amarelo]. Estava segurando para tirar com 10 ou 15 minutos e não deu tempo. No lance, ele pega a bola. Mas depois do cartão [amarelo], fez quatro ou cinco faltas, deu carrinho, poderia ter controlado. Faz parte. Fiz duas linhas de quatro, com Maycon e Rodriguinho, como contra o Palmeiras, e segurei o Jô para sair com qualidade", explicou. 

Para os jogos seguintes, em virtude do desgaste, Carille admitiu que pode preservar jogadores. Citou, por exemplo, o centroavante da equipe. "Os atletas estão sendo monitorados todo tempo pós-jogo. Não vou correr riscos, se tiver um risco alto que a gente detectar que pode acontecer lesão, eu vou tirar. Prefiro ficar um jogo fora do que perder quatro ou cinco. Vai ser jogo a jogo. É pensar no Grêmio. O Kazim entrou bem demais, posso segurar o Jô ali na frente", cogitou, provavelmente para a semana que vem, em visita ao Patriotas-COL pela Copa Sul-Americana. 


Confira mais declarações de Fábio Carille:

RECORDES

O número [de pontos] é expressivo demais. Tudo que falo é meu sentimento, o que acho. Não me escoro em arbitragem, nada. Já empatamos jogando bem, ganhamos jogando não tão bem. Estou muito feliz mesmo com a pontuação, nem todas as partidas vai jogar bem. Quando joga, não dá chance ao adversário. Pode acontecer de Rodriguinho e Jadson não irem bem, mas Marquinhos dá resposta boa. E podem acreditar que Giovanni daqui a pouco vai dar também.

DESEMPENHO IRREGULAR CONTRA O BAHIA
Não causa preocupação. Estamos para trabalhar sobre o que está acontecendo. Achei que o primeiro não foi bom também, não só o segundo. Perdemos a bola na frente, tivemos a chance de matar o jogo. Não está jogando bem? Sofre e não dá chance ao adversário. Temos que ressaltar a entrega dos jogadores.

CONVERSA COM BALBUENA SOBRE SAÍDA?
Não converso com atleta sobre isso. É algo muito pessoal. São as oportunidades que aparecem para cada um. Falaram sobre Lazio, depois apareceu Genoa, a diretoria cuida com o atleta e o empresário. Já falei em outras oportunidades que não quero perder ninguém, não vai ser fácil, mas a diretoria vai trabalhar por isso. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos