Grêmio bate o Coritiba e esquenta confronto direto com Corinthians

Do UOL, em Porto Alegre

O Grêmio transformou a partida do próximo domingo contra o Corinthians na primeira final do Campeonato Brasileiro de 2017. Tudo porque bateu o Coritiba nesta quinta-feira (22) por 2 a 0 na Arena e entrará em campo na próxima rodada apenas um ponto atrás do líder do campeonato, o Timão.

O Corinthians bateu o Bahia mais cedo e chegou aos 23 pontos na classificação. E com a vitória sobre os paranaenses, o Grêmio soma 22. Já o Coxa, que também faz boa campanha, aparece com 15, caiu para 5º e na próxima rodada encara o Cruzeiro fora de casa.

A partida foi digna de dois times que disputam as primeiras posições do Brasileirão. O Grêmio foi beneficiado por um gol no começo do jogo. Aos 9 minutos já estava na frente no placar com o feito de Pedro Rocha. Depois disso, empilhou chances, viu o jogo ficar difícil a partir da entrada de Thiago Real e passou a jogar no contra-ataque.

A grande atuação do goleiro Wilson e boas participações do zagueiro Pedro Geromel apareceram. E no fim da partida, Fernandinho deu números finais ao encontro.

Wilson evita gols do Grêmio

Wilson evitou que o Grêmio marcasse ao menos outros três gols. Com defesas difíceis e muitas cara a cara com o atacante, o goleiro do Coritiba foi muito importante para manter seu time 'no jogo' até os minutos finais. 

Fernandinho incomoda até marcar

Escolhido para atuar aberto em um dos flancos de ataque do Grêmio, Fernandinho insistiu muito. Mesmo errando alguns lances, procurando cruzamento quando por vezes o melhor era o chute, ou chutando quando poderia cruzar, ele jamais se omitiu. E esta foi uma virtude ímpar no jogo. Tanto que aos 40 minutos, quando o jogo parecia trazer sofrimento até os minutos finais, foi do pé esquerdo dele que partiu um forte chute para o gol. 

Barrios participa de movimentos ofensivos com e sem a bola

Lucas Barrios está longe de ser um 'centroavante padrão' no Grêmio. O argentino naturalizado paraguaio não é apenas aquele que conclui jogadas perigosas. Em mais de uma oportunidades recuou, esperou o melhor momento e enfiou para jogadores como Pedro Rocha e Fernandinho. Cada vez mais se mostra uma aposta de sucesso no Tricolor e foi aplaudido quando deu lugar a Everton. 

Gol cedo deixa o jogo do jeito que o Grêmio queria

Um jogo que poderia ser difícil se tornou tranquilo aos 9 minutos. Depois do Coritiba ter tentado duas conclusões em direção ao gol de Marcelo Grohe, o Grêmio chegou pela primeira vez em condições de marcar, e o fez com Pedro Rocha. Na frente com menos de 10 minutos de jogo, o Tricolor passou a ser total dono da partida. Empilhou mais uma série de oportunidades e fez algo que sabe muito bem: controlou o jogo. Com posse de bola no ataque, rondou a área do Coritiba até encontrar os melhores espaços para tentar concluir.

Thiago Real muda o Coritiba e iguala o jogo

Uma substituição forçada por lesão logo no primeiro tempo melhorou bastante o Coritiba. Thiago Real entrou na vaga de Alan Santos. E foi o meia que passou a dar maiores problemas para a zaga do Grêmio Tanto que o Coxa igualou forças e passou a também ter algumas chances. Real foi responsável por 'cartear' o jogo, distribuindo passes de qualidade a Rildo e Henrique Almeida.

Segundo tempo: Grêmio adota o contra-ataque e Wilson brilha

Percebendo as dificuldades criadas a partir da entrada de Real, o Grêmio se fechou. Em vez de protagonizar ações ofensivas no jogo, o time da casa voltou-se à defesa. Foi experiente e 'malandro' como Renato Gaúcho costuma pedir. Adotou o contra-ataque como arma e obrigou o goleiro Wilson a ao menos três defesas muito complicadas. Só que aos 40 minutos, quando Fernandinho entrou sozinho pela esquerda, não houve goleiro que evitasse o gol. 

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 0 CORITIBA


Data: 22/06/2017 (Quinta-feira)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Péricles Bassols Cortez (PE)
Auxiliares: Clovis Amaral da Silva e Cleberson Nascimento Leite (ambos de pernambuco)
Renda: R$ 563.111,00
Público: 21.95 (total)
Cartões amarelos: Edílson (GRE)
Gols: Pedro Rocha, do Grêmio aos 9 minutos do primeiro tempo; Fernandinho, do Grêmio, aos 40 minutos do segundo tempo;

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Edílson, Rafael Thyere, Pedro Geromel e Cortez; Arthur (Maicon), Michel, Fernandinho, Luan e Pedro Rocha (Lincoln); Barrios (Everton).
Técnico: Renato Gaúcho

CORITIBA
Wilson; Dodô (Léo), Marcio, Werley e William Matheus; Alan Santos (Thiago Real), Matheus Galdezani, Jonas (Iago Dias) e Rildo; Henrique Almeida e Alecsandro;
Técnico: Pachequinho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos