Corinthians escapa de perder até 10 mandos, mas é multado por sinalizadores

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Ale Cabral/AGIF

A recorrência de sinalizadores entre torcedores corintianos segue a trazer problemas para o clube. Em dois julgamentos no STJD, sendo o primeiro na quinta-feira e o segundo nesta sexta, o clube acabou absolvido no segundo depois de ser punido no primeiro - terá de pagar multa de R$ 40 mil. 

Denunciado no Artigo 213 (não prevenir e reprimir as desordens de torcedores), o Corinthians correu risco de perder 10 mandos no Campeonato Brasileiro, pena máxima prevista e que foi solicitada pela procuradoria. Na sessão desta sexta-feira, referente a jogo contra o Santos (3 de junho), o clube acabou livre de punições.

No caso, representado pelo advogado João Zanfolin, o tribunal entendeu que o Corinthians cumpriu com o que exige o Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Os torcedores que portavam sinalizadores foram identificados na ocasião e encaminhados ao Jecrim (Juizado Especial Criminal).

Já na sessão de quinta-feira, o Corinthians havia sido multado em R$ 40 mil pela ação de seus torcedores no Serra Dourada, palco de jogo com o Atlético-GO no dia 28 de maio.

Há pouco mais de um mês, o clube havia emitido nota sobre o tema e relatou que já havia pagado R$ 110 mil em multas pelo mesmo motivo. Desde então, a fiscalização na Arena Corinthians se tornou mais rigorosa, mas ainda não estancou a ação dos torcedores organizados. No início da semana, o lateral Guilherme Arana chegou a publicar um vídeo em que acendia um sinalizador na arquibancada de uma partida de futsal. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos