Thiago Santos desfalca Palmeiras em Campinas; Jean é confirmado

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Daniel Vorley/AGIF

    Thiago Santos desfalca o Palmeiras em Campinas, segundo disse Cuca nesta sexta

    Thiago Santos desfalca o Palmeiras em Campinas, segundo disse Cuca nesta sexta

O Palmeiras voltou a trabalhar na tarde desta sexta-feira na Academia de Futebol, a dois dias da partida contra a Ponte Preta, em Campinas, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O desgaste físico tirou titulares importantes como Jean e Tchê Tchê da atividade técnica em campo, mas ambos não preocupam para o compromisso do final de semana.

Quem está fora do duelo no Moisés Lucarelli é Thiago Santos. Com uma lesão no adutor da coxa esquerda, o volante está descartado para o confronto no interior, segundo o técnico Cuca.

"O Thiago Santos não tem condição. Ele tem dor e não sei se terá condições nem para quarta-feira [jogo contra o Cruzeiro pelo primeiro duelo das quartas de final da Copa do Brasil]", afirmou o treinador, em entrevista concedida na tarde desta sexta-feira.

Por outro lado, Jean foi garantido pelo treinador. Mesmo sem trabalhar em campo nos últimos dois dias, o camisa 2 seguirá no setor de meio-campo, em virtude das ausências de Thiago Santos e Felipe Melo, também fora por problemas físicos.

"O Jean tem alguma coisinha, um fragmentozinho no ligamento do joelho que incomoda. Com descanso natural, ele está sempre bem. Ele irá jogar e irá jogar bem", acrescentou o treinador.

Cuca comandou um trabalho técnico na Academia de Futebol que contou com o retorno de Willian e a participação do novato Bruno Henrique, apresentado na última quinta-feira. Luan, Fabiano, Hyoran, Zé Roberto, Erik, Jean, Keno e Tchê Tchê permaneceram na parte interna.

Keno sentiu dores musculares e preocupa para o compromisso do final de semana. Dudu, que voltou a trabalhar com bola, deve retomar a vaga de titular em Campinas, assim com Willian, substituído pelo colombiano Miguel Borja na vitória da última quarta-feira sobre o Atlético-GO.

"Vou usar o melhor que eu puder. O Keno não veio [a campo] e ainda temos o Dudu para definir. Isso não passa só pelo gosto do treinador, também pela necessidade do jogo e de respeitar a fisiologia. O jogador tem um processo para cumprir e um receio menor de lesão", explicou Cuca, que não descarta até utilizar o novo reforço.

"Quem sabe o Bruno Henrique não possa ir ao jogo? São alternativas que temos e amanhã faço o treino que irá definir o time", encerrou o comandante palmeirense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos