Fla vence Bahia na estreia de Everton Ribeiro e pula para o terceiro lugar

Do UOL, em São Paulo

O Bahia tinha a prerrogativa de jogar em casa, mas o Flamengo venceu por 1 a 0 na Fonte Nova com gol de Berrío. O Tricolor atuou com um jogador a menos a partir dos 30 do primeiro tempo após a expulsão do zagueiro Lucas Fonseca.

O Flamengo ocupa agora a terceira posição do Campeonato Brasileiro com 17 pontos, sete a mais que o Bahia, primeiro da zona de rebaixamento. Este domingo (25) também marcou a boa, mas pouco influente estreia de Everton Ribeiro com a camisa rubro-negra.

RAUL SPINASSé/AGÊNCIA A TARDE/ESTADÃO CONTEÚDO

De um reforço para o outro

Quando todos os olhares estavam sobre Everton Ribeiro, o estreante chutou e colocou a bola nos pés de Berrío. Um dos reforços mais badalados do Flamengo para a temporada, o colombiano bateu cruzado para marcar seu terceiro gol com a camisa do Flamengo. Ele custou cerca de R$ 15 milhões aos cofres do clube e ainda não conseguiu se firmar. Contratado com status de titular, foi preterido por Matheus Sávio no início jogo em Salvador. Do banco para o gol!

Que susto, Willian Arão

Foi feio. O volante errou na saída de bola aos nove do primeiro tempo e entregou a bola de presente para Zé Rafael, que decidiu tentar o chute da entrada da área e tirou tinta da trave direita do goleiro Thiago.

Gentileza gera gentileza

Três minutos depois do lance descrito no parágrafo anterior, Allione devolveu o carinho de Willian Arão e "serviu" Diego com um cruzamento. O meia encontrou Guerrero na entrada da área, mas o peruano desperdiçou a chance ao avançar e chutar em cima do goleiro Jean.

Cartão anunciado

O comportamento de Lucas Fonseca desde os primeiros minutos já previa que a expulsão era questão de tempo. Aos quatro, o zagueiro – que voltou ao time após se recuperar de dores no músculo adutor da coxa – se desentendeu com Willian Arão na área e os dois caíram. O árbitro Igor Benevenuto logo apareceu para acalmar os ânimos. Não por muito tempo. Vinte minutos depois, o beque reclamou muito quando viu a barreira sair antes de uma cobrança de falta ensaiada do Bahia. Resultado: amarelado.

Cinco minutos depois, aos 29, Lucas Fonseca caiu na área e pediu pênalti. Em seguida, o zagueiro coroou seu desequilíbrio emocional ao atingir Guerrero com o braço. Os exaltados se desentenderam e ambos foram punidos com cartões, mas o segundo amarelo do atleta tricolor se transformou em vermelho... Por simulação. O defensor nem sequer foi atingido pelo peruano, mas saltou como quem recebe um soco. Foi direto para o vestiário, onde deve repensar a atuação nada digna de Oscar.

Como foi Everton Ribeiro?

O torcedor do Flamengo não escondia a expectativa pela estreia de Everton Ribeiro com a camisa do clube. Como previsto, o jogador atuou pelo lado direito do ataque, formando um trio de peso e respeito com Diego e Guerrero. Seu lance mais importante ocorreu aos 18 do segundo tempo, quando cobrou falta na pequena área e quase serviu o atacante peruano.

A Fonte Nova viu um atleta voluntarioso e participativo - principalmente após a expulsão de Lucas Fonseca, que abriu mais espaço na defesa tricolor. No entanto, ainda é nítido que falta entrosamento com os novos companheiros. Sonho de consumo desde o início do ano, o meia foi comprado por R$ 22 milhões junto ao Al Ahli, dos Emirados Árabes, assinou contrato até 2021 e chegou para ser um titular incontestável pela qualidade conhecida e, principalmente, pelo investimento realizado.

CBF sem o quê?

"Vergonha, vergonha, CBF sem vergonha". Foi essa a cantoria dos torcedores do Bahia nos últimos minutos do primeiro tempo, dando a entender que se sentiam prejudicados pela arbitragem. Alguns até faziam sinais de "roubo" com as mãos.

Os números falam

Nos 83 confrontos disputados entre os times, o Rubro-Negro leva a melhor: com o resultado de hoje, foram 29 vitórias, 30 empates e 24 derrotas. Ex-lateral-direito e técnico do Flamengo, Jorginho, hoje no Bahia, manteve seu bom retrospecto contra o ex-clube, para o qual nunca perdeu desde que iniciou a nova carreira. Até hoje, foram 5 vitorias e 7 empates.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 1 FLAMENGO

Data e hora: 25/06/2017, às 18h30 (de Brasília)
Local: Fonte Nova, em Salvador (BA)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Auxiliares: Marcio Eustaquio Santiago e Celso Luiz da Silva (ambos de MG)
Público e renda: 14.065 pagantes / 22.271 presentes/ R$ 730.534,50
Cartões amarelos: Matheus Reis, Lucas Fonseca (BAH); Éverton Ribeiro, Guerrero, Rodinei (FLA)
Cartão vermelho: Lucas Fonseca (BAH)
Gols: Berrío, aos 27 minutos do segundo tempo (FLA)

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Juninho, Matheus Sales, Zé Rafael, Vinícius (Rodrigo Becão) e Allione (Régis Souza); Edigar Junio (Mendoza)
Técnico: Jorginho

FLAMENGO: Thiago; Rodinei, Rhodolfo, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão (Berrío) e Diego; Éverton Ribeiro (Cuéllar), Matheus Sávio (Vinicius Jr.) e Guerrero 
Técnico: Zé Ricardo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos