Ceni monta São Paulo com dois zagueiros, mas mantém Lugano como titular

Bruno Freitas

Do UOL, em São Paulo

  • RODRIGO FÉLIX LEAL/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Lugano durante o duelo do Atlético-PR contra o São Paulo

    Lugano durante o duelo do Atlético-PR contra o São Paulo

A despeito de ter dito repetidas vezes que entendia o uruguaio Diego Lugano como uma opção mais adequada a uma linha de três defensores, o técnico Rogério Ceni escalou o camisa 5 em uma defesa com apenas dois zagueiros neste domingo (25), contra o Fluminense, no Morumbi. Com a alteração do esquema tático, as entradas de Araruna e Denilson serão as novidades em relação ao time que perdeu para o Atlético-PR na rodada passada do Campeonato Brasileiro.

Na partida da última quarta-feira (21), Ceni havia escalado o São Paulo com três zagueiros para acomodar Lugano entre os titulares. O uruguaio atuou ao lado de Rodrigo Caio e Éder Militão, que falhou no gol de Wanderson e acabou barrado neste domingo.

Lugano, 36, fará neste domingo a décima partida pelo São Paulo no Campeonato Brasileiro de 2017. O uruguaio tem contrato apenas até o dia 30 deste mês e ainda não chegou a um acordo com a diretoria para renovar o compromisso.

Além da presença de Lugano em uma linha com quatro defensores, as novidades da escalação do São Paulo neste domingo são Araruna, oriundo das categorias de base, e Denilson, egresso do Avaí, que fará sua primeira partida como titular da equipe tricolor.

O São Paulo jogará neste domingo com Renan; Araruna, Lugano, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cueva; Marcinho, Denilson e Pratto.

O Fluminense, por sua vez, terá Julio Cesar; Lucas, Henrique, Reginaldo e Leo; Orejuela e Wendel; Calazans, Gustavo Scarpa e Richarlison; Henrique Dourado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos