Edilson diz que Grêmio errou mais e pede para time 'aprender a lição'

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

Edilson assistiu o final de Grêmio x Corinthians no banco, após ser sacado na última tentativa de Renato Gaúcho para mudar o placar. Mesmo fora das quatro linhas, o lateral direito seguiu a linha de raciocínio do vestiário tricolor neste domingo (25). Depois da derrota, o camisa 2 foi além e pediu para o time gaúcho aprender a lição da 10ª rodada do Brasileirão.

A derrota quebrou invencibilidade do Grêmio na Arena em 2017 e fez o Corinthians abrir quatro pontos de vantagem na tabela de classificação.

"Eles foram mais efetivos do que nós. Efetivos defensivamente... Erraram menos e por isso venceram. Mas o nosso time criou, infelizmente não veio a vitória. Agora é aprender com esse jogo, errar o mínimo possível em jogos tão decisivos", disse.

A saída de Edilson foi a última cartada de Renato para buscar um resultado melhor. O lateral saiu para entrada de Everton e assim levou Ramiro a atuar na defesa.

"Por último tirei o Ramiro para o lado e botei o Everton. O Edilson já tinha amarelo, botei o time ainda mais para frente e tirei quem já tinha cartão", explicou o treinador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos