Cuca diz que Borja apanha por R$ 35 milhões e mantém Diego Souza em aberto

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

Apesar de uma atuação apenas regular, o colombiano Miguel Borja recebeu elogios do treinador Cuca após vitória por 1 a 0 do Palmeiras contra o Grêmio, neste sábado, no Pacaembu. O comandante palmeirense criticou a cobrança por conta do alto investimento pelo jogador. Por outro lado, disse que segue pessimista sobre Diego Souza, mas não jogou a toalha. 

"Tudo em torno do Borja são os R$ 35 milhões. Se pagasse R$ 5 milhões, ninguém falava nada. Mas ele apanha, coitado, todo dia. Até quando não joga. A gente tem que ter paciência. Eu deixo de lado o que ele custou. Se custou, foi porque mereceu. Ele é um jogador que vale isso, pelo que fez na Libertadores passada e nos campeonatos passados. Temos de dar uma sequência", comentou Cuca. 

"Não diria só o Borja [pode ser titular quarta]. O Mayke, na minha visão, foi um dos melhores. Luan, Bruno Henrique...o que jogou o Zé no meio campo, o Michel. O Erik perdeu o gol, mas ajudou muito. Ganhamos opções e isto é importante. Hoje ganhamos o jogo nas opções. Jogada pela direita do Guedes com o Veiga e saiu o gol. As opções que entraram bem no jogo. É sempre bom a gente ter (opções)", disse. 

"Continuo pessimista [por Diego Souza], mas do pessimismo ao otimismo é um 'tchum'. Estou melhorando as situações de jogo, estou feliz, o Borja está em franca evolução e temos de trabalhar cada vez mais para ele crescer", concluiu Cuca sobre o colombiano e o meia do Sport que interessa. 

Confira mais respostas de Cuca:

Erro do árbitro?

Mesmo se tivesse empatado ou perdido não ia falar nada (do pênalti). No calor do jogo o árbitro tem uma interpretação do jogo, aqui não tem TV. Ele achou que foi falta fora e tentou dar vantagem. Temos de respeitar a visão dele. Como eu erro, o jogador erra, o árbitro erra também. Se errou hoje, da minha parte está absolvido.

Postura em Guayaquil

A postura do Palmeiras tem de ser igual. Às vezes não encaixa alguma coisa na partida, mas temos mostrado organização no geral. Esperamos fazer um bom jogo lá dentro da dificuldade e conseguir um bom resultado. Sobre quem está no DM ainda não tenho informação de nenhum. Vamos ver quem vai.

Evolução da equipe

A gente é muito exigente, não tem paciência. E eu entro nisto. Queremos resultado imediato, sem tempo para treinar. O jogo é o treino. Das últimas seis partidas vencemos cinco, acho que nenhuma equipe fez isso. Nítido que tem uma evolução, mas sempre tem algo para melhorar, é natural.

O que espera do Barcelona

Agora no Equador é outro tipo de jogo, fomos ver o clássico entre Emelec e Barcelona, um time rápido, que espaça bem o campo e usa a velocidade. Temos de nos preparar bem por um bom resultado. Estádio grande, cerca de 70 mil pessoas, a cidade já está respirando o jogo. E nós agora vamos respirar este jogo de quarta-feira.

Disputa no time

O futebol é assim. A oportunidade é dada e quando mostra serviço ele se auto-escala. Independente da idade, do que já fez ou não, eles lutam todo dia por uma posição. O titular tem de lutar para se manter, e o reserva tem de lutar para ser titular. Assim vai fazer o time subir. É isto que pensamos. Um jogo como este abre o leque para muitas coisas.

Bruno Henrique estreia

Achei ótima (a estreia do Bruno Henrique), acima do que a gente esperava por estar de férias. Tem a evoluir, é natural, mas deixou muito contente.

Jogo no Pacaembu

É diferente, porque não estamos no Allianz, que é nossa primeira casa, e sim no Pacaembu, que é a segunda. De uma forma geral o time foi muito bem, teve volume quase o tempo todo, teve qualidade, paciência para tocar a bola, pegada forte. Deu gosto de o torcedor ver e mereceu ganhou. Teve paciência para fazer o gol, vencemos uma partida difícil, um time organizado mesmo alternativo não perde um padrão de jogo, como é o Grêmio.

Zé Roberto é meio-campista

Eu acho [que a função ideal para o Zé Roberto é no meio-campo]. Por já ter feito esta função, por não ter de correr atrás de ponta rápido, Temos de analisar, ele é importante para nós. Jogando de titular, um pouquinho, não jogando, ele tem uma importância muito grande.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos