Atletas tentam explicar queda do Cruzeiro no clássico: "deixamos de jogar"

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Após a derrota por 3 a 1 no clássico contra o Atlético-MG, os jogadores do Cruzeiro tentaram explicar o que aconteceu com o time para sofrer o revés depois de um início animador no Horto. Por pelo menos 25 minutos, a equipe celeste não só abriu o marcador, mas ainda esteve próximo de marcar por outras duas vezes. Porém, a partir dos acréscimos, a equipe começou a sofrer, levou a virada e não conseguiu reagir na etapa final.

"A verdade é que começamos bem, fizemos o gol, mas depois deixamos jogar. Eles viraram no primeiro tempo, não tem muito o que falar", comentou rapidamente o volante Lucas Romero.

Os gols da virada atleticana foram marcados aos 47 e 49 minutos do primeiro tempo. Primeiro com Cazares, de falta, e no ataque seguinte com Fred, após boa jogada de Elias e passe de Alex Silva. Na etapa final, o Cruzeiro pouco assustou a meta de Victor e ainda sofreu o último golpe, novamente com Fred.

"Jogamos bem os 44 minutos até pouco antes de terminar o primeiro tempo. Sofremos o gol, a equipe (do Atlético) acreditou, fez mais uma jogada e o jogo desandou para nós. Nossa equipe não soube reagir dentro das dificuldades. Dominamos o primeiro tempo, mas futebol é desse jeito", disse o goleiro Fábio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos