Atleticanos e botafoguense brigam antes de jogo no Engenhão

Leo Burlá e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Fim de Jogo/Reprodução

O caos no futebol carioca não ficou restrito à barbárie de sábado em São Januário. Neste domingo (9), torcedores de Botafogo e Atlético-MG entraram em confronto do lado de fora do Estádio Nilton Santos. A polícia deteve mais de 10 indivíduos que participaram da confusão.

A Fúria Jovem tentou atacar a Galoucura no Engenhão. Muita briga, tiros, baleados e muitos detidos no Juizado Especial Criminal (Jecrim). Inicialmente citada na confusão a Torcida Jovem do Botafogo não teve qualquer participação no caso, o que foi respaldado em reunião nesta segunda-feira com o Gepe.

Em uma das ruas que circundam o campo alvinegro, testemunhas ouviram disparos e brigas entre botafoguenses e atleticanos. Segundo o major Hilmar Faulhaber, comandante do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE), não é possível afirmar o que gerou a confusão.

"Houve um problema do lado de fora, sim, brigas entre atleticanos e botafoguenses. Mas não ouvi nada sobre disparos de arma de fogo, preciso apurar melhor as informações ainda", disse Faulhaber.

No sábado, um torcedor do Vasco foi baleado e morto após o jogo contra o Flamengo. Outros três foram feridos e estão internados no Hospital Souza Aguiar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos