Atlético-MG leva multa de R$ 14 mil por apagão no clássico com o Cruzeiro

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Igor Ribeiro/Framephoto/Estadão Conteúdo

    Independência ficou sem energia elétrica por quase 15 minutos

    Independência ficou sem energia elétrica por quase 15 minutos

O Atlético-MG venceu o Cruzeiro por 3 a 1, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, o jogo disputado no Estádio Independência ainda não acabou para o clube alvinegro, pelo menos para o departamento jurídico. Nesta terça-feira, por decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Atlético foi multado em R$ 14 mil reais pelo apagão de parte dos refletores do estádio.

Um curto-circuito na área destinada à imprensa causou o problema, que aconteceu aos 39 minutos do segundo tempo. Ao todo, a partida ficou parada por 14 minutos, como relatado na súmula do árbitro Anderson Daronco (Fifa/RS). A justificativa para o problema foi dada pela LuArenas, empresa responsável pela administração do Independência.

"A concessionária Arena Independência informa que houve um curto-circuito no setor da Tribuna de Imprensa e dos Camarotes, provavelmente em algum aparelho ligado de forma inadequada. O que desencadeou em queda de energia do sistema, e, por precaução, o sistema de iluminação se desliga automaticamente e leva cerca de 15 minutos para resfriar e reiniciar. Informamos ainda que a Arena possui geradores de emergência que funcionam normalmente, mas não foram acionados devido ao retorno do sistema convencional", divulgou a empresa na noite de 2 julho, logo após o clássico entre Atlético e Cruzeiro.

Pelo apagão, o Atlético foi incluído no artigo 211 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – Deixar de manter o local que tenha indicado para realização do evento com infraestrutura necessária a assegurar plena garantia e segurança para sua realização. Como punição, o clube mineiro poderia receber multa entre R$ 100 e R$ 100 mil, além de ter o estádio interditado.

De acordo com a assessoria de imprensa do Atlético, o departamento jurídico vai recorrer da punição imposta pelo STJD.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos