Carille minimiza vantagem e diz que dérbi não tem favorito: "50% para cada"

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Miguel Schincariol/Getty Images

    Carille manteve o discurso de 'pés no chão' na véspera do clássico

    Carille manteve o discurso de 'pés no chão' na véspera do clássico

O técnico Fábio Carille disse nesta terça-feira à tarde que o clássico entre Corinthians e Palmeiras não tem favorito. O comandante alvinegro lembrou da vitória corintiana no começo do ano para justificar o pensamento.

"Não tem favorito. Lembro bem que na coletiva antes desse jogo, lá no estádio, todo mundo colocava o Palmeiras como favorito e eu coloquei 50% para cada um. A gente já viu vários jogos em que estávamos bem e perdemos, assim como jogo em que ninguém acreditava e nós ganhamos", disse Carille.

"Temos de soma pontos, ainda mais contra um rival. É importante somar pontos lá. Nossa ideia é sempre vencer. Se não forem três pontos, que seja um", continuou.

O time alvinegro, que é líder do Brasileirão com nove pontos de vantagem sobre o segundo colocado, terá força máxima para o jogo válido pela 13ª rodada. Fagner está confirmado na equipe titular mesmo depois de um pisão no pé sofrido nesta segunda.

"O Corinthians está preparado para jogar bem. Quando se joga bem, está mais perto de vencer. Queremos fazer por merecer, para isso estamos preparados", frisou Carille.

O treinador explicou qual a postura que o Corinthians deve ter para enfrentar o Palmeiras no Allianz. "Temos de saber jogar sem bola, cumprir função, como têm feito Jô e Romero, voltando para roubar bola. Saber matar as partidas nos momentos certo, estamos sendo eficientes também jogando fora", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos