Marcinho e Petros reclamam de falta de atenção do SP após gols marcados

Do UOL, em São Paulo

Na estreia de Dorival Júnior como treinador do São Paulo, a equipe chegou a ficar duas vezes à frente do Atlético-GO no placar. No entanto, no decorrer da partida, o Tricolor permitiu a reação do adversário, que empatou a partida por 2 a 2, em pleno Morumbi, nesta quinta-feira à noite. Por isso, não é de se estranhar que os jogadores questionaram a falta de atenção do time.

"É muito triste levar dois empates. O segundo gol da maneira que foi.... Não pode levar gol assim, faltavam três minutos para acabar o jogo. Tem de trabalhar. A confiança oscila no decorrer do jogo, mas não pode empatar um jogo desse", afirmou o volante Petros, que já viu mudanças da equipe com Dorival.

"Já se notou que fizemos algumas coisas que ele pediu. Tivemos muita psosse de bola, finalização, mas é uma pena levar gol do jeito que foi", completou Petros.

Autor do segundo gol tricolor, o atacante Marcinho também criticou a forma como a equipe permitiu a reação do adversário no segundo tempo. "Quando faz o gol, tem de ter atenção. Às vezes, recuamos demais depois, mas ainda é o primeiro jogo com Dorival", disse o atacante.

O fato de a equipe ter deixado o gramado sob vaias foi encarado com naturalidade por Petros. "O torcedor está no seu direito, paga o ingresso. O torcedor está triste como a gente por conta do resultado. Esse erro final que está custando muito caro e temos de corrigir isso", afirmou o volante.  

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos