Roger vira peça importante no Botafogo e busca melhor ano da carreira

Do UOL, no Rio de Janeiro

Assim que foi anunciado, Roger deixou claro que chegava da Ponte Preta na melhor fase da carreira. Entre jogos no time de Campinas e o RB Brasil, o atacante marcou 22 gols em 45 jogos. Cercado de expectativa, o atacante disputou posição com o então companheiro Sassá.

"Estou muito feliz com a oportunidade. É uma grande oportunidade vestir uma grande camisa, voltar ao Rio de Janeiro. É gostoso jogar aqui, é diferente. A expectativa é a melhor. Chego muito animado. Minha última temporada foi maravilhosa, a melhor da minha carreira. Joguei muitos jogos e fiz gols. Agradeço ao Lopes pela confiança. Vou fazer o meu melhor. Vivo a melhor fase da minha carreira", disse no dia em que foi apresentado.

Na última quarta, Roger chegou ao 12º gol em 2017. Após início conturbado, em que era bastante criticado por parte da torcida, o atacante finalmente deu a volta por cima e virou peça importante no Alvinegro. Ele diz não ter meta, mas deixa clara a vontade de superar a temporada passada e novamente superar seus melhores números.

"Não tenho meta, mas quando cheguei disse que queria fazer mais que ano passado [faltam dez gols]. Mas estou feliz, gol saindo com mais frequência e podendo ajudar. Isso me deixa feliz, ajudar meus companheiros", disse Roger.

Com o resultado, o Botafogo chega a 19 pontos e pula para a 8ª colocação. O Alvinegro volta a campo na segunda, quando receberá o Sport, no Nilton Santos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos