Atacante veloz e driblador. A peça que falta ao elenco do Atlético-MG

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • André Yanckous/AGIF

    Roger Machado avalia que falta uma peça para completar o elenco do Atlético-MG

    Roger Machado avalia que falta uma peça para completar o elenco do Atlético-MG

O técnico Roger Machado se mostra satisfeito com o elenco que tem em mãos. Tanto que a diretoria do Atlético-MG não tem se movimentado para reforçar o time para a o segundo semestre de 2017. Com os jogadores que chegaram nesta temporada, junto dos atletas promovidos da base, a comissão técnica entende ter o suficiente para alcançar os objetivos do clube no ano, que é a conquista de uma grande competição e uma vaga na Copa Libertadores de 2018.

Porém, existe uma peça que falta ao elenco do Atlético. E Roger Machado sabe muito bem qual é. Após sofrer com a boa atuação do atacante Bruno Henrique, na derrota para o Santos, o treinador admitiu que não tem um jogador com as mesmas características do camisa 27 do Peixe.

Embora o Atlético tenha jogadores que são marcados pelo drible, casos de Robinho e Marlone, citados pelo treinador, o elenco atleticano não oferece um atacante veloz, driblador e que tenha como principal característica buscar o fundo do campo.

"Jogadores de vitória pessoal eu tenho. O Robinho é um, o Marlone levou muita vantagem no jogo contra o Santos. Se o Bruno Henrique levou vantagem alguns momentos, o Marlone também levou. O Otero é jogador de velocidade e vitória pessoal. Jogadores que puxam mais a profundidade do que o jogo apoiado, a gente não tem. Nem mesmo o Maicosuel, que estava aqui, não é o jogador da profundidade, da busca pelo espaço e depois do jogo no pé", comentou o comandante atleticano.

Por esse motivo, Roger Machado não descarta que o clube mineiro busque ao menos mais um reforço para a temporada. "Características como a do Bruno Henrique são diferentes do que a gente tem. Se tivesse alguma característica que a gente pudesse agregar em algum momento, talvez fosse essa", completou o treinador.

Em 2017, Roger Machado recebeu dez novos jogadores em relação ao elenco de 2016. Chegaram à Cidade do Galo o zagueiro Felipe Santana, o lateral esquerdo Danilo, os volantes Adilson, Elias, Roger Bernardo e Gustavo Blanco, os meias Marlone e Valdívia e o atacante Rafael Moura, além do lateral direito Alex Silva, que voltou de empréstimo.

Se o Atlético decidir ir em busca desse jogador, a diretoria precisa agir rápido caso queira alguém de fora do Brasil. A janela de transferência internacional se fecha no dia 20 (nesta quinta-feira). Porém, o prazo é maior para negociar com jogadores que estejam atuando em clubes brasileiros ou estejam sem vínculo. As inscrições no Campeonato Brasileiro se encerram apenas em 8 de setembro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos