Novo titular, garoto de 20 anos ajudou Léo a melhorar defesa do Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Aos 20 anos, garoto contribuiu para melhora de Léo e do sistema defensivo do Cruzeiro

    Aos 20 anos, garoto contribuiu para melhora de Léo e do sistema defensivo do Cruzeiro

Bastante criticada nos últimos 30 dias, a defesa do Cruzeiro vem apresentando números melhores e atuações mais convincentes nos últimos jogos. Apesar de contar com Léo, 29 anos de idade e no clube há sete temporadas, o destaque positivo no setor está para a entrada do jovem Murilo, de 20. Prata da casa celeste, é o garoto quem tem colecionado mais elogios e ajudado o veterano a devolver a segurança ao time de Mano Menezes.

Natural de São Gonçalo dos Campos-BA, Murilo era jogador da base do Cruzeiro desde 2010. No início de junho, estreou como profissional em uma fogueira na Fonte Nova, ocasião em que o time perdeu por 1 a 0 para o Bahia. Apesar disso, chamou atenção ao lado de Léo e começou a conquistar seu espaço. Desde então, atuou diante de Atlético-GO, Corinthians, Ponte Preta, Palmeiras e Atlético-PR neste Brasileirão. Nessas duas últimas, o jogador foi titular e se consolidou como peça importante para consertar os problemas nas bolas aéreas e passar mais segurança ao restante do time.

"Fizemos alguns acertos, uns ajustes na parte ofensiva, também na recomposição. A própria entrada do Murilo foi muito boa. É um jogador novo, de qualidade, tranquilo. Estamos conversando bastante, nesse processo de subir das categorias de base é importante ter uma sintonia boa. Ele é um jogador que tem muita qualidade, força, assim como outros jogadores que também estão subindo para o profissional", comentou o zagueiro Léo.

Titular absoluto do Cruzeiro, Léo se acostumou a jogar com vários companheiros diferentes ao seu lado. No início do ano, começou atuando com Manoel, hoje lesionado. No início do Brasileiro, ganhou a companhia de Dedé. Após a lesão do companheiro, Kunty Caicedo passou a formar a nova defesa. A nova dupla, porém, acabou levando 11 gols em um intervalo de 11 jogos. Desses, a derrota diante do Atlético-MG (3 a 1) e os empates por 3 a 3 contra Grêmio e Palmeiras ligaram o alerta no time. Desde então, Murilo tomou a posição de titular e alto índice caiu para um gol sofrido em duas partidas. Em outras duas ocasiões neste Brasileiro, a dupla também jogou junta e só foi vazada por uma vez.

Para as próximas semanas, o zagueiro Manoel vive a expectativa de retornar aos gramados. O jogador já realiza a preparação física e será preparado para estar totalmente à disposição de Mano para a partida contra o Palmeiras, dia 26, pela Copa do Brasil. Fora das quatro linhas, a diretoria também terá uma próxima semana decisiva para acertar os últimos detalhes e efetivar a contratação de Digão, bicampeão brasileiro pelo Fluminense e que está se despedindo do Al Sharjah, dos Emirados Árabes Unidos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos