Contra xará goiano, Atlético-MG encara maldição do "lanterna" no Brasileiro

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Mesmo em BH e com um jogador a mais desde o primeiro tempo, o Atlético-MG perdeu por 1 a 0 para o Atlético-PR

    Mesmo em BH e com um jogador a mais desde o primeiro tempo, o Atlético-MG perdeu por 1 a 0 para o Atlético-PR

Neste domingo o Atlético-MG entra em campo pela 14ª vez no Campeonato Brasileiro. O duelo com o Atlético-GO, às 16h, no Estádio Olímpico de Goiânia, reserva um fato curioso nesta caminhada do clube mineiro na competição. Pela terceira vez o Galo vai enfrentar uma equipe que ocupa a última colocação do Brasileirão.

Nas vezes anteriores, o Atlético não foi feliz. O time comandado por Roger Machado acabou derrotado pelo Vitória e Atlético-PR, nas rodadas seis e sete, respectivamente. Resultados que tiraram os rubro-negros da Bahia e do Paraná da condição de lanterna no Brasileiro. Algo que o também rubro-negro Atlético-GO vai tentar neste domingo.

Pressionado pela derrota para o Santos, nessa quarta-feira, no Independência, o Atlético-MG sabe que não pode perder pontos diante do último colocado. Com a experiência de quem já deixou de conquistar seis pontos contra equipes que estavam na última colocação, os jogadores do Galo garantem estar preparados para mais um jogo difícil no Brasileirão.

Mauricio da Mata/Divulgação/Vitória
Atlético-MG perdeu por 2 a 0 para o Vitória, no Barradão, pela sexta rodada do Brasileiro

"Não passa pela cabeça de nenhum atleta pensar que somos superiores por um time estar na lanterna. Cada jogo tem a sua história. Você vê que acontece de o líder perder para o lanterna. O Avaí, por exemplo, ganhou do Grêmio esses dias. Nós jamais vamos entrar em campo achando que vamos ganhar a qualquer momento, em qualquer situação. São coisas que não dá para explicar e só o futebol fala. Cada jogo tem a sua história e a gente está em busca de uma evolução", comentou o meia Marlone, que deve ser titular do Atlético pela terceira rodada consecutiva.

Com 17 pontos conquistados em 13 rodadas, o Atlético ocupa somente a 11ª colocação no Brasileiro. Desempenho muito aquém do projetado antes do início da competição. A equipe de Roger Machado era tratada como uma das principais postulantes ao título. Mas o começo ruim de competição e excepcional rendimento do Corinthians já tiraram o Atlético da disputa.

Por isso, Roger Machado sabe o peso de conquistar os três pontos contra o Atlético-GO. O treinador entende a obrigação que está sobre o Galo para o duelo deste domingo.

"Obrigação pela vitória sempre é grande. O torcedor deseja que ganhe todos os jogos. A responsabilidade para entrar em campo e vencer é sempre igual. A pressão pelo resultado que não pode entrar em campo para a gente não fazer de qualquer forma. Mas a responsabilidade a gente já sabe, mais uma vez é recuperar os pontos perdidos em casa".

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO X ATLÉTICO-MG

Data: 16 de julho de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Estádio Olímpico, em Goiânia (GO)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB).
Assistentes: Oberto da Silva Santos (PB) e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (PB).

ATLÉTICO-GO: Felipe Garcia; André Castro, Roger Carvalho, Gilvan e Bruno Pacheco; Marcão Silva, Igor, Jorginho, Andrigo e Luiz Fernando; Walter.
Técnico: Doriva.

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Gabriel, Bremer e Leonan; Rafael Carioca, Adilson, Elias e Cazares; Marlone (Robinho) e Fred.
Técnico: Roger Machado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos