Walter se irrita e cobra colegas no Atlético-GO: "Tem que tocar a bola"

Do UOL, em São Paulo

Irritado após a derrota em casa por 2 a 1 para o Atlético-MG, o atacante Walter fez uma cobrança aos companheiros. Para o centroavante, os jogadores do Atlético-GO estão tomando decisões precipitadas na hora de definir as jogadas, preferindo chutar em vez de passar a bola para colegas em melhor condição.

"Acho que tivemos chance para matar o jogo, estava 1 a 0, é só meus companheiros terem um pouco mais de calma. É ver quem está melhor colocado e dar o passe. Teve a chance do Paulinho, podia matar o jogo, é só ter um pouquinho de consciência, ver quem está melhor colocado para tocar a bola. Nosso time pega a bola na linha de fundo e quer chutar no meio do gol", reclamou.

Após 14 rodadas, o Atlético-GO é o lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas oito pontos - sete a menos que a Ponte Preta, primeiro time fora da zona do rebaixamento. Para Walter, escapar da degola ainda é possível.

"É levantar a cabeça e ver que tem alguma coisa errada, resolver o mais rápido possível, porque está passando o tempo e está ficando amis feio ainda. Mas eu confio no clube, confio no treinador também, já foi trocado e nada mudou. É a nossa atitude que tem que mudar", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos