Mano Menezes dá mais minutos e prepara Sassá para ser titular do Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

O torcedor do Cruzeiro pode se acostumar à Sassárrada - celebração que ficou conhecida durante a passagem de Sassá pelo Botafogo e feita pelo atleta no empate com o Flamengo.

Sem Rafael Sóbis, suspenso para o jogo diante do Fluminense, nesta quinta-feira (20), no estádio Giulite Coutinho, pela 15ª rodada do Brasileirão, Mano Menezes deve colocar em campo o jogador que finalmente desencantou com as cores da Raposa.

A evolução física e técnica do camisa 99 é preponderante para a escolha do comandante. A comissão técnica acredita que o atleta de 23 anos tem condições de substituir o homem-gol à altura no jogo que ocorre no Rio de Janeiro.

O crescimento do número de minutos atesta a melhora do condicionamento do centroavante. Depois de participar por 29 minutos do revés para a Ponte Preta, ele não esteve em campo por mais de 20 minutos em nenhum dos jogos seguintes - Coritiba (5), Atlético-MG (10), Palmeiras (15) e Atlético-PR (18).

O empate contra o Flamengo em pleno Mineirão foi a primeira vez que Sassá teve uma participação maior desde a chegada à Toca da Raposa II. Ele ficou em campo por 31 minutos e, conforme apurado pela reportagem, já reúne condições de atuar um jogo completo.

Embora a decisão sobre a utilização de Sassá esteja praticamente sacramentada nos bastidores, publicamente, o gaúcho adota uma postura distinta. Perguntado sobre a escalação de Sassá na vaga do camisa 7, o treinador preferiu não confirmar:

"Vamos esperar, vamos para casa, vamos respirar. Temos um dia a mais, o nosso jogo é na quinta-feira. Vamos poder treinar bem a equipe, com um pouco mais de horas para trabalhar", disse após o empate com o Flamengo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos