Jailson substitui Prass com defesa de pênalti, e Palmeiras empata com Fla

Do UOL, em São Paulo (SP)

Jailson retomou o lugar de titular do Palmeiras em grande estilo. Com uma defesa de pênalti no segundo tempo, fora intervenções importantes durante toda a partida, o goleiro segurou o resultado de empate por 2 a 2 com o Flamengo, em confronto disputado na noite desta quarta-feira, na Ilha do Urubu, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Willian e Róger Guedes marcaram para o time alviverde, enquanto Pará e Guerrero balançaram as redes pelo Fla.

Apesar do alto nível do substituto de Fernando Prass, o resultado de igualdade é compartilhado com gosto amargo entre os dois times, que perdem a oportunidade de encostar no líder Corinthians, que ficou apenas no empate sem gols com o Avaí, mais cedo, em Florianópolis.

Com o empate, o Palmeiras permanece na quinta colocação com 23 pontos, dois a menos do que o Flamengo, o quarto colocado na tabela. O Santos, que bateu a Chapecoense por 1 a 0 também nesta quarta, chegou a 27. O Grêmio é vice-líder com 31.

As duas equipes retornam a campo no final de semana. O Flamengo permanece no Rio de Janeiro, onde enfrenta o Coritiba, no sábado, às 19h (de Brasília). O Palmeiras viaja até o nordeste o para encarar o Sport, domingo, na Arena Pernambuco

Quem foi bem: Jailson

RAFAEL RIBEIRO/DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDO
Jailson voltou ao time titular e se destacou no confronto no Rio de Janeiro

O goleiro retornou ao time titular da melhor maneira possível. Fora a defesa de pênalti, que evitou a derrota palmeirense, Jailson realizou defesas importantes durante o duelo na Ilha do Urubu. A confiança de Cuca no jogador de 36 anos deve crescer ainda mais.

Quem foi mal: Luan

Em compensação, o zagueiro Luan viveu uma noite infeliz. O flamenguista Guerrero levou vantagem sobre o defensor palmeirense durante a maior parte do jogo, inclusive no lance responsável por retirar a vitória parcial do Palmeiras, ainda na primeira etapa. O ex-vascaíno deixou o camisa 9 rival tomar a frente, invadir a área e empatar o jogo aos 44min da primeira etapa.

Jailson pega pênalti

De volta ao gol titular do Palmeiras, agora por opção do técnico Cuca, Jailson estreou no Campeonato Brasileiro deste ano justamente em uma "pedreira". O Flamengo tratou de testar (bem) o goleiro na noite desta quarta-feira, e o camisa 14 se destacou, como no ano passado na campanha do título nacional. O ápice ocorreu aos 29min da etapa final, quando parou o pênalti cobrado pelo meia Diego.

Flamengo faz pressão, mas cede espaços

O Flamengo começou conforme o esperado na Ilha do Urubu: pressão sobre o Palmeiras, movimentação constante no setor ofensivo e volume de jogo diante do estreante Jailson – 1º jogo no Brasileirão. Esta postura acabou presenteada logo aos 8min, quando Pará acertou belo chute e abriu o placar. Ao mesmo tempo, no entanto, o time rubro-negro cedeu espaços para o veloz ataque palmeirense, que soube aproveitar logo na primeira etapa.

Thiago Ribeiro/AGIF
Guerrero anotou o segundo gol flamenguista na Ilha do Urubu

Palmeiras bagunçado atrás, letal na frente

Desastroso atrás; letal na frente. O Palmeiras apresentou-se de maneiras distintas: defensivamente inseguro durante a primeira etapa, antes de encontrar um equilíbrio maior na parte final do jogo. Enquanto a defesa sofreu – Pará aproveitou espaço para fazer 1 a 0 e Guerrero venceu disputa individual com Luan para anotar o segundo gol flamenguista -, o ataque se mostrou preciso, eficiente. Na base da velocidade vieram os dois tentos: Willian recebeu de Zé Roberto e aproveitou, enquanto Róger Guedes, em outro contra-ataque, balançou as redes após passe de Mina.

Luciano Belford/AGIF
Willian balançou as redes na primeira chance palmeirense no jogo

Zé Ricardo abdica até de Márcio Araújo

Depois de Diego desperdiçar a chance de vitória ao parar em Jailson na cobrança de pênalti, Zé Ricardo precisou abdicar do padrão Flamengo para buscar a vitória. Jogador importante para o funcionamento do time no meio-campo, na visão do treinador, Márcio Araújo deixou o jogo próximo ao fim para a entrada de Berrío. Com o colombiano, o clube carioca procurou acuar o Palmeiras, que se fechou para buscar novos contra-ataques.

Cuca perde quatro

O técnico palmeirense enfrentará problemas para escalar o time titular no domingo, dia do compromisso contra o Sport, na Arena Pernambuco. Nada menos do que cinco jogadores receberam o terceiro cartão amarelo nesta quarta-feira e desfalcarão o Palmeiras no fim de semana. Miguel Borja, Michel Bastos, Tchê Tchê e Dudu estão fora da partida.

Damião fora

O grupo flamenguista preparado para o duelo desta noite sofreu uma baixa na concentração, horas antes da partida. O atacante Leandro Damião acabou liberado pela diretoria para acertar os detalhes finais da transferência para o Internacional. O centroavante, que se despediu do elenco durante esta tarde, retorna ao Beira-Rio por empréstimo de uma temporada.

Duzentas vezes Araújo

Gilvan de Souza/Flamengo
Márcio Araújo ganhou uma camisa personalizada do presidente Bandeira de Mello

Antes do jogo repleto de gols na Ilha, Márcio Araújo recebeu uma homenagem por parte da diretoria flamenguista. No dia em que completou 200 jogos, o meio-campista recebeu uma camisa personalizada das mãos do presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Tite na Ilha

Luciano Belford/AGIF
Tite esteve na Ilha do Urubu para prestigiar o duelo entre Flamengo x Palmeiras

O confronto desta noite contou com uma audiência qualificada nos camarotes da Ilha do Urubu. O técnico da seleção brasileira, Tite, assistiu ao jogo de quarta-feira entre Flamengo e Palmeiras. Chance para os atletas impressionarem, pensando na próxima convocação pelas eliminatórias.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 x 2 PALMEIRAS

Data: 19 de julho de 2017, quarta-feira
Local: Estádio Ilha do Urubu, em Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA-CBF)
Assistente: Alessandro A. Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira (BA-CBF)
Cartões amarelos: Márcio Araújo, Mancuello (FLA) Bruno Henrique, Mina, Luan, Borja, Dudu, Michel Bastos, Thiago Santos, Jailson (PAL)

Gols:
FLAMENGO: Pará, aos 7 minutos do 1º Tempo, Guerrero, aos 44 minutos do 1º Tempo
PALMEIRAS: Willian, aos 31 minutos do 1º Tempo, e Roger Guedes, aos 42 minutos do 1º Tempo

FLAMENGO: Thiago; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo (Berrio) e Cuéllar; Everton Ribeiro (Geuvânio), Diego e Everton (Mancuello); Guerrero
Técnico: Zé Ricardo

PALMEIRAS: Jailson; Mayke, Mina, Luan e Michel Bastos (Keno); Bruno Henrique (Thiago Santos) e Tchê Tchê; Roger Guedes, Zé Roberto e Dudu; Willian (Borja)
Técnico: Cuca

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos