Santos vence Chapecoense com escalação ousada e mantém 3ª colocação

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

O Santos venceu a Chapecoense por 1 a 0 nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol santista foi marcado pelo meia argentino Vecchio, que atuou como segundo volante, em estratégia bastante ousada do técnico Levir Culpi. 

Após encarar a Chapecoense, o Santos enfrenta o Bahia, neste domingo, às 11h (de Brasília), no estádio do Pacaembu, em jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já a Chapecoense enfrenta o Vitória, sábado, às 16h (de Brasília), no Barradão, em Salvador.

Quem foi bem: Vecchio brilha em posição nova

O meia argentino Vecchio foi o destaque do Santos na vitória contra a Chapecoense. Além de marcar o gol da vitória com direito a drible no goleiro e chute sem ângulo, o meia fez bons lançamentos e atuou como improvisado como volante.

Quem foi mal: Thiago Ribeiro e sua única jogada

O atacante Thiago Ribeiro desperdiçou todas as chances que teve para balançar as redes. O atleta repetiu diversas vezes, sem sucesso, sua jogada característica: corte para o lado e chute de perna direita.

Ousadia de Levir na escalação
Daniel Vorley/AGIF

Sem Thiago Maia, negociado, e Renato, lesionado, o técnico Levir Culpi escalou um dupla de volantes bastante ofensiva. Além de Yuri, o treinador apostou no meia Vecchio como segundo volante. O algoz de Dorival Júnior fez bons lançamentos e melhorou a saída de bola no time, mas faltou força física para ajudar mais na marcação.

Taffarel acompanha Vanderlei na Vila Belmiro

O tetracampeão mundial Taffarel, preparador de goleiros da seleção brasileira, compareceu a Vila Belmiro para acompanhar o goleiro Vanderlei, uma das prováveis novidades da próxima convocação. Taffarel já esteve na Ilha do Urubu para ver Vanderlei no duelo do Santos contra o Flamengo pela Copa do Brasil e também em dois treinamentos em apenas uma semana, no CT Rei Pelé.

"Pra Taffarel ver em 3 minutos"

Vanderlei fez duas boas defesas em menos de três minutos de jogo: em chutes de Lucas Mineiro e Diego Renan. A segunda defesa, inclusive, o camisa 1 do Santos foi buscar no ângulo. Uma boa defesa para Taffarel ver.

Taffarel também viu Jandrei

Taffarel foi ao estádio para ver Vanderlei, mas foi obrigado a ver o goleiro Jandrei fazer grandes defesas. Em uma delas, o goleiro da Chapecoense fez uma excelente defesa em chute de Lucas Lima, que ficou na frente do goleiro, livre de marcação.

Outra visita ilustre: o zagueiro Neto

O zagueiro Neto, um dos sobreviventes do trágico acidente aéreo da Chapeconse, esteve na Vila Belmiro para acompanhar o jogo entre Santos e Chape. O defensor também visitou os santistas na concentração, no CT Rei Pelé. Vale lembrar que Neto defendeu o Santos, mas ficou marcado por perder o pênalti que deu o título paulista ao Ituano em 2014. 

Ficha Técnica
Santos 1 x 0 Chapecoense

Data e horário: 19/07/2017, às 19h30 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos-SP.
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Pará)
Auxiliares: Helcio Araujo Neves e Jose Ricardo Guimarães Coimbra (ambos do Pará)

Gol: Vecchio aos 15 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Lucas Lima e Matheus Ribeiro (Santos)

Santos: Vanderlei Matheus Ribeiro, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Yuri (Alison), Vecchio e Lucas Lima; Copete, Thiago Ribeiro e Kayke (Arthur Gomes).
Técnico: Levir Culpi.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Diego Renan; Moisés Ribeiro, Lucas Marques, Lucas Mineiro (Lourency), Luiz Antonio e Seijas; Arthur Caike.
Técnico: Vinícius Eutrópio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos