Entre dois nomes para novo técnico, Coritiba colocará salário na balança

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Divulgação/Coritiba

    Marcelo Oliveira é um dos nomes na pauta do Coxa, mas salário pode ser entrave

    Marcelo Oliveira é um dos nomes na pauta do Coxa, mas salário pode ser entrave

O Coritiba trabalha com dois nomes prioritários para assumir a vaga de Pachequinho, demitido após a derrota por 4 a 0 para a Ponte Preta na última quarta (19) em Campinas: Vagner Mancini e Marcelo Oliveira. Entre todos os fatores que pesarão para a escolha por parte do clube entre um dos dois nomes, o fator financeiro será decisivo.

Desde a semana passada o Coxa já iniciou sondagem em cima dos dois nomes. Porém, ainda com divisão interna na diretoria sobre a continuidade de Pachequinho, o clube deu crédito ao ex-técnico após a vitória por 4 a 1 sobre o Avaí. Só que as derrotas para Fluminense (2 a 1) e Ponte colocaram um ponto final na primeira experiência do ex-atacante como técnico.

Embora negue publicamente, o Coxa buscou em Mancini um nome que já fez um bom trabalho no rival Atlético-PR e estava bem na Chapecoense até sua demissão. Mas a simpatia da torcida é pela volta de Marcelo Oliveira, bicampeão paranaense e duas vezes vice da Copa do Brasil pelo clube entre 2011 e 2012. Oliveira, bicampeão nacional pelo Cruzeiro e da Copa do Brasil pelo Palmeiras, é um treinador mais caro, mas uma corrente interna do Coxa acredita que pode convencê-lo a receber menos. Outros já preferem que Mancini seja a escolha.

A promessa é que o nome seja anunciado até o final de semana. Enquanto isso, quem comandará o time no duelo com o Flamengo no Rio, 19h de Sábado, será Sandro Forner, técnico do sub-20 do clube. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos