Cruzeiro abre placar com "Sassarrada", mas Flu arranca empate com pênalti

Do UOL, em Belo Horizonte

Fluminense e Cruzeiro empataram, por 1 a 1, na noite desta quinta-feira (20), no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sassá abriu o placar e Richarlison, em cobrança de pênalti, igualou.

Com o resultado, a Raposa chega a 22 pontos e ocupa a oitava colocação do torneio nacional, perdendo o lugar para o Botafogo, sétimo. O Tricolor Carioca é o nono, com 21, e ganha uma posição.

O melhor: Thiago Neves fica livre e cria as melhores chances

Espaço não faltou para o meia-atacante do Cruzeiro criar oportunidades. Bem posicionado, o camisa 30 teve liberdade para criar chances de marcar, seja com passes ou finalizações. Ele deu assistência para o gol de Sassá e passou a bola para Léo mandar por cima do gol de Júlio César. O experiente meia-atacante ainda finalizou quatro vezes na direção da meta adversária.

O pior: Passes errados e pênalti marcam atuação ruim de Lucas Romero

Novamente improvisado na lateral direita, Lucas Romero esteve aquém do que está acostumado com a camisa do Cruzeiro. O argentino foi quem mais errou passes pelo time de Belo Horizonte e também quem mais cometeu infrações - uma delas foi o pênalti em Richarlison, que resultou em gol do Fluminense.

Com pé calibrado, Sassá faz o 2º pelo Cruzeiro em dois jogos

Rudy Trindade/ThemaPress/Light Press/Cruzeiro

Sassá está com o pé calibrado. Presente em sete partidas do Cruzeiro, o jogador marcou dois gols, ambos nos confrontos mais recentes - diante de Flamengo e Fluminense. O curioso é que o atacante de 23 anos é quem tem a melhor média de gols por finalização do elenco na atual edição do Campeonato Brasileiro. Em quatro chutes na direção da meta adversária, ele celebrou duas vezes, o que lhe garante uma média de um gol a cada duas finalizações. O segundo melhor é Ramón Ábila (negociado junto ao Boca Juniors), com 3,7 chutes para cada gol feito.

Desfalcado, Fluminense tem dificuldade em criação

A ausência de nomes importantes do setor de criação, como Wellington Silva, Sornoza e Henrique Dourado, impediu que o Fluminense criasse oportunidades de gol. As melhores chances da equipe saíram em cobranças de escanteio, todas nos pés de Gustavo Scarpa. Contudo, Fábio foi mais feliz em uma sequência de quatro tiros de canto.

Leandro Vuaden assinala pênalti para o Flu e escuta reclamações

O lance que culminou no único gol do Fluminense no primeiro tempo tirou o elenco do Cruzeiro do sério. Lucas Romero cometeu falta em Richarlison e o árbitro Leandro Pedro Vuaden (RS) assinalou penalidade máxima. A dúvida dos mineiros, no entanto, é se o lance ocorreu dentro ou fora da área. Léo foi um dos mais indignados com a marcação do trio de arbitragem. Alheio a tudo isso, o atacante que sofreu a falta cobrou o pênalti e estufou a rede de Fábio.

Orejuela é observado por técnico gringo

O argentino Gustavo Quinteros, treinador da Seleção Equatoriana, foi ao estádio Giulite Coutinho para assistir à partida entre Fluminense e Cruzeiro, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. A ideia do técnico era assistir às exibições de Orejuela, Sornoza e Kunty Caicedo. Porém, só pôde observar o primeiro. O outro meio-campista do Fluminense se recupera de lesão, enquanto o zagueiro do Cruzeiro foi emprestado ao Barcelona de Guayaquil.

Jogador do Cruzeiro é punido por não usar colete e cumprirá suspensão

Ezequiel sequer adentrou o gramado do estádio Giulite Coutinho na noite desta quinta-feira (20), mas uma de suas atitudes no banco de reservas foi suficiente para tirá-lo do jogo contra o Avaí, domingo, no Mineirão. O lateral direito não usou colete no banco de reservas e foi advertido por Jorge Eduardo Bernardi (RS), quarto árbitro do confronto, em algumas oportunidades. Como não cumpriu a ordem, recebeu amarelo de Leandro Vuaden.

Ficha técnica
Fluminense x Cruzeiro

Local: estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ)
Data: 20 de julho de 2017 (quinta-feira)
Horário: às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jose Eduardo Calza (RS) e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)

Cartão amarelo: Richarlison, Marlon Freitas, Wendel (Fluminense); Lucas Romero, Léo, Ezequiel (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Ninguém.

Gols: Sassá - 35'/1ºT (0-1); Richarlison - 41'/1ºT (1-1)

Fluminense
Júlio César; Lucas (Mateus Norton - 34'/2ºT), Frazan, Henrique e Léo; Orejuela, Marlon Freitas, Wendel e Gustavo Scarpa; Richarlison e Pedro (Marcos Calazans - 25'/2ºT).
Técnico: Abel Braga.

Cruzeiro
Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Ariel Cabral (Rafael Marques - 15'/2ºT), Lucas Silva e Thiago Neves; Élber (Raniel - 31'/2ºT) e Sassá (Bryan - 28'/2ºT).
Técnico: Mano Menezes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos