Roger Machado é demitido pelo Atlético-MG, que deve apostar no auxiliar

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Derrota para o Bahia, em casa, fez Roger Machado ser bastante xingado pela torcida do Atlético-MG

    Derrota para o Bahia, em casa, fez Roger Machado ser bastante xingado pela torcida do Atlético-MG

Após seis meses e meio e 43 partidas disputadas, chegou ao fim a passagem do técnico Roger Machado pelo Atlético-MG. A decisão foi anunciada pela diretoria do clube nesta quinta-feira, poucas horas após a derrota para o Bahia, por 2 a 0, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Independência. Foi o quarto revés da equipe alvinegra em oito partidas como mandante.

Roger Machado foi contratado pelo Atlético em novembro do ano passado. Após o Galo perder por 3 a 1 para o Grêmio, na primeira partida da final da Copa do Brasil, o técnico Marcelo Oliveira caiu e Roger acertou por dois anos, para iniciar o trabalho em janeiro de 2017.

Desde que chegou à Cidade do Galo, Roger Machado sempre esteve bastante pressionado, por causa da expectativa criada para a temporada. Em campo o time jamais rendeu o esperado e, mesmo com bons resultados, durante o Mineiro e a fase de grupos da Copa Libertadores, o trabalho do treinador já era muito questionado por parte da torcida. O título mineiro, conquistado sobre o Cruzeiro, deu um momento de paz para Roger e toda a comissão técnica. Tranquilidade que acabou após as primeiras partidas do Campeonato Brasileiro, com o Atlético passando duas rodadas dentro da zona de rebaixamento e cada vez mais longe do líder Corinthians.

Curiosamente, na coletiva de imprensa após a derrota para o Bahia, Roger chegou a declarar que a diretoria mostrava confiança em seu trabalho. Sem saber que seria demitido algumas horas depois, Roger também falou sobre a cobrança pela campanha ruim do Atlético no Brasileirão. "A responsabilidade de todo o trabalho é minha, a pressão é natural do trabalho, ainda mais com o insucesso principalmente dentro de casa. Não foi a primeira vez e nem a última que fui vaiado", disse o treinador, que foi bastante xingado pela torcida após o segundo gol do Bahia.

"Essa pressão pelo cargo, o treinador está sempre pressionado, basta um ou dois insucessos... no segundo clássico do ano, perdemos pela segunda vez e já havia pressão. Hoje foi a 42ª partida e neste período fui pressionado outras vezes. A primeira figura a ser questionada sou eu, não vejo problema. Mas continuidade do trabalho depende do resultado. É fácil solicitar ou questionar a permanência do treinador. Vivo disso, sei como funciona, o momento incomoda, mas tenho por obrigação continuar passando confiança e encontrar soluções. Temos que procurar vencer, só assim as coisas se acalmam", comentou o treinador, que demonstrava confiança de que seria capaz de recuperar o bom futebol do time.

Nas 43 vezes que Roger comandou o Atlético o time venceu 23 vezes, empatou nove e foi derrotado em 11 oportunidades, com 74 gols marcados e 41 sofridos. O grande momento sob o comando do treinador foi a conquista do Campeonato Mineiro, batendo o Cruzeiro na final. Empate sem gols no primeiro jogo, no Mineirão, e triunfo por 2 a 1, na partida decisiva, disputada no Independência.

O presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, marcou uma coletiva para a tarde desta quinta-feira, na Cidade do Galo, para falar sobre a decisão da diretoria em trocar de treinador e também sobre o futuro do time, que embora esteja mal no Brasileirão, está nas quartas de final da Copa do Brasil e nas oitavas de final da Copa Libertadores. Durante a entrevista o mandatário do clube mineiro deve confirmar a escolha de Diogo Giacomini para comandar o time nos próximo jogos.

Giacomini era auxiliar de Roger e faz parte da comissão técnica permanente do Atlético. Ele já comandou o time interinamente em outras oportunidades, como na final da Copa do Brasil do ano passado, contra o Grêmio. O próximo compromisso do Galo é contra o Vasco, neste domingo, às 19h, no Independência, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos