Jovem marca dois e garante vitória do Vasco sobre o Atlético-MG no Horto

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

Em noite brilhante do garoto Paulinho, autor de dois gols, o Vasco venceu o Atlético-MG, por 2 a 1, na noite deste domingo (23), em pleno estádio Independência, em partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Yago fez o único do mandante no confronto. Este foi o primeiro duelo do time de Belo Horizonte desde a demissão de Roger Machado, ocorrida após o revés contra o Bahia.

Com o resultado obtido no Campo do Horto, o time do Rio de Janeiro chega à oitava colocação, com 23 pontos conquistados, um a menos que o Sport, sexto. O Galo, por sua vez, se distancia do G-6 e cai para a 13ª posição, com 20.

O melhor: Em estreia como titular, Paulinho marca dois pelo Vasco

Thomás Santos/AGIF

Aos 17 anos, Paulinho fez apenas seu terceiro jogo com as cores do Vasco, o primeiro na condição de titular. No entanto, o jovem não se intimidou pela pouca idade e até balançou a rede do Galo em duas oportunidades. O meia recebeu passe milimétrico de Escudero para estufar a rede de Giovanni no primeiro tempo. Na etapa final, o garoto acertou um belo chute para o desespero do goleiro atleticano.

O pior: Giovanni não passa a segurança necessária ao Atlético-MG

Substituto de Victor, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o goleiro escolhido por Diogo Giacomini para o jogo deste domingo não passou a segurança necessária à equipe e cometeu algumas falhas durante o jogo disputado no Independência.

Galo marca gol polêmico no Independência

Thomás Santos/AGIF

Yago acertou um belo chute da intermediária para adentrar a meta de Martín Silva. O problema é que a bola acertou o travessão, quicou logo após a linha e saiu do gol, sendo agarrada pelo goleiro estrangeiro. Os atletas do Vasco queixaram-se da validação do gol imediatamente. Mas esta não é a única reclamação do Cruzmaltino. Os jogadores creem que houve falta de Robinho em Bruno Paulista no lance que originou a jogada.

Fred e Paulão se lesionam ainda no primeiro tempo da partida

Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

Atlético-MG e Vasco foram obrigados a realizar mudanças ainda no primeiro tempo do jogo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante Fred se queixou de uma fisgada na panturrilha direita e será examinado pela comissão técnica para saber se atuará nos próximos duelos do mês. O mesmo acontecerá com Paulão. O defensor teve um problema na coxa direita e não tem presença garantida nos compromissos seguintes do Vasco.

Atlético-MG pede pênalti em desvio de Paulão com a mão

Rómulo Otero fez jogada impressionante pelo lado esquerdo do ataque, ainda no primeiro tempo, e tentou cruzamento na direção de Fred, que não havia deixado o campo ainda. O passe do venezuelano, contudo, foi cortado por Paulão. O problema é que os atletas do Galo acreditam que a bola desviou na mão do zagueiro e pediram pênalti. O árbitro mandou o jogo seguir.

Otero tira volante do jogo e fica no lucro

Rómulo Otero foi responsável por lesionar Bruno Paulista ao dar carrinho no volante vascaíno no meio de campo. O venezuelano acertou o tornozelo do meio-campista adversário e recebeu cartão amarelo. O problema é que o lance foi suficiente para tirar o atleta do time visitante de campo.

Fica? Marcos Rocha é poupado e segue com apenas 5 jogos pelo Atlético-MG

Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

Na mira do São Paulo, Marcos Rocha foi poupado por Diogo Giacomini no jogo contra o Vasco e alimenta a possibilidade de deixar a Cidade do Galo. Por opção da comissão técnica, o camisa 2 ficou entre os reservas no duelo disputado na Arena Independência. O atleta segue com cinco jogos e está à disposição de um possível interessado. O limite para se transferir para um time de Série A é de sete jogos.

Atlético-MG ratifica campanha desastrosa em Belo Horizonte

A campanha do Atlético-MG como mandante é muito ruim na atual edição do Campeonato Brasileiro. Em nove partidas disputadas, a equipe mineira obteve somente oito pontos. Foram duas vitórias (Avaí e Cruzeiro) e dois empates (Ponte Preta e Sport). Em compensação, o time foi derrotado por Fluminense, Atlético-PR, Santos, Bahia e Vasco.

Torcida volta a protestar contra má fase do Atlético-MG

A nova derrota no estádio Independência, a quinta na atual edição do Campeonato Brasileiro, fez com que a torcida do Atlético-MG se revoltasse. Parte do público que compareceu ao local puxou gritos de "time sem vergonha" durante o duelo ocorrido no Campo do Horto.

Ficha técnica
Atlético-MG x Vasco

Motivo: 16ª rodada do Brasileirão
Local: estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de julho de 2017 (domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus - SP (FIFA)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro - SP (CBF) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo - SP (FIFA)

Cartão amarelo: Yago, Alex Silva, Rómulo Otero, Matheus Mancini (Atlético-MG); Jomar, Bruno Paulista, Escudero (Vasco)
Cartão vermelho: Ninguém

Gols: Paulinho - 13'/1ºT (0-1); Yago - 17'/1ºT (1-1); Paulinho - 22'/2ºT (1-2)

Atlético-MG
Giovanni; Alex Silva, Jesiel, Matheus Mancini e Fábio Sanros; Rafael Carioca, Yago, Marlone e Rómulo Otero (Luan); Robinho (Juan Cazares) e Fred (Rafael Moura). Técnico: Diogo Giacomini.

Vasco
Martín Silva; Gilberto, Paulão (Jomar), Rafael Marques e Ramon; Jean, Bruno Paulista (Wellington), Escudero (Guilherme Costa) e Mateus Vital; Paulo Vitor e Paulinho. Técnico: Milton Mendes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos