Briga na saída da Arena Pernambuco deixa cerca de 50 palmeirenses detidos

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Arena Pernambuco

Uma briga entre rubro-negros e alviverdes marcou a saída das torcidas da Arena Pernambuco, neste domingo (23), após duelo entre Sport e Palmeiras. Cerca de 50 torcedores foram detidos e encaminhados à delegacia devido ao confronto, sendo a grande maioria composta por palmeirenses.

Um comunicado divulgado pela Arena Pernambuco explica que "palmeirenses e rubro-negros estavam brigando e promovendo arruaças enquanto saíam das dependências do estádio". O Batalhão de Choque da Polícia Militar de Pernambuco interveio e cercou dezenas de palmeirenses usando a cavalaria.

A informação, dada pelo Jornal do Commercio e confirmada por UOL Esporte, é de que cerca de 50 envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Camaragibe, próxima à Arena. Quatro deles seriam torcedores do Sport; os demais, do Palmeiras. Os detidos seguiram para a Central de Plantões da Polícia Civil, em Recife, para que fossem autuados em flagrante.

Além da briga na saída, já tinha acontecido uma confusão antes de a bola rolar (assista abaixo). Integrantes da torcida organizada Mancha Alvi Verde, a maior do Palmeiras, tentaram agredir rubro-negros usando grades de proteção do estádio. De acordo com o Jornal do Commercio, só um palmeirense foi detido: Alexandre Honório da Silva, de 25 anos. A acusação era de que ele teria atirado pedras contra torcedores adversários mas, como nenhuma testemunha se apresentou e não havia provas do ocorrido, Alexandre foi liberado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos