D. Souza reencontra Palmeiras após negociação frustrada e "fico" no Sport

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Guga Matos/JC Imagem

    Diego Souza permaneceu no Sport e reencontrará o Palmeiras neste domingo

    Diego Souza permaneceu no Sport e reencontrará o Palmeiras neste domingo

A novela acabou, mas Diego Souza e Palmeiras voltarão a se encontrar. Agora definitivamente como adversários, o meia-atacante e o clube alviverde se encaram pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo, a partir das 16h (de Brasília). Em casa, o Sport encara o atual campeão nacional no primeiro confronto desde a "novela" sobre o futuro do jogador da seleção brasileira, que permaneceu em Recife mesmo com o interesse de Cuca.

Ao todo, foram três semanas de ligações diretas entre Sport, Diego Souza e Palmeiras, que direcionou a atenção ao jogador ainda em junho. O meia-atacante balançou com a proposta do atual campeão brasileiro. Fora vencimentos maiores e a oportunidade de atuar na fase decisiva da Copa Libertadores, o experiente jogador ainda atuaria na função de "falso 9", conforme prometido por Cuca.

Nesta condição, Diego Souza vislumbra competir por uma vaga na Copa do Mundo de 2018. O camisa 87 tem feito parte do grupo convocado por Tite, e recentemente anotou dois gols na goleada por 4 a 0 sobre a Austrália, em 13 de junho. Na Ilha do Retiro, a posição mais ofensiva do time é ocupada por André.

Os atrativos por uma transferência mexeram com Diego Souza. O jogador, quando somava seis partidas no Campeonato Brasileiro, pediu para ser afastado pela diretoria. O empresário Eduardo Uram alegou problemas pessoais para o atleta não viajar com a equipe para Curitiba – local do duelo contra o Coritiba, em 10 de julho – e ir ao Rio de Janeiro.

Foram três dias de mistério. O Sport reiterava a confiança na palavra do jogador sobre a viagem, enquanto o Palmeiras aguardava uma resposta à proposta feita. A indefinição terminou apenas no dia 12, quando Diego Souza, enfim, resolveu falar e determinou o "fico".

"Existiu uma cláusula de saída sim, mas eu nunca falei dela com ninguém. Ela era muito clara e direta, a minha saída do Sport custaria 1,6 milhão de euros. E o Diego em momento algum forçou uma saída para ganhar 1,6 milhão de euros. Não fez proposta, contraproposta, nada. E o que mais me deixou chateado era que as pessoas ficavam me pedindo um posicionamento", declarou Diego.

A direção do Sport deixava a definição a cargo de Diego Souza. O Palmeiras, por outro lado, apenas aguardava o "sim ou não". A partir da definição do próprio meia, que reiterou fidelidade ao clube pernambucano, o time alviverde tratou de acelerar outra negociação – e de justamente quem estreará neste domingo na Arena Pernambuco.

Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Sem Diego Souza, Deyverson foi apresentado como o 9 esperado por Cuca

O atacante Deyverson, destaque na Copa do Rei da Espanha do ano passado pelo Alavés, chamou a atenção de Cuca pelo desempenho na reta final da temporada europeia. Tanto que o treinador inseriu o nome do desconhecido atacante (para a maioria do público brasileiro) como uma opção de mercado para reforçar o ataque.

Insatisfeito com a irregularidade do badalado Miguel Borja, reforço mais caro da temporada [R$ 35 milhões], e com apenas Willian como "confiável", o treinador exigira mais um "9". Deyverson chegou para preencher esta lacuna e, mesmo longe da melhor forma física, debutará logo diante de Diego Souza, que surgiu como a principal opção. Ele só não deve começar jogando. 

Sem Borja (suspenso) e Willian (lesionado), Erik deve iniciar a partida, ganhando a disputa direta com o novo reforço por questões. Deyverson, que chegou a Recife na quinta-feira, ganhará uma oportunidade ao longo do jogo, segundo confirmação dada pelo próprio Cuca na última sexta-feira, após atividade em Cabo de Santo Agostinho.

""Ele [Deyverson] precisa rodagem. Então, automaticamente, ele vai jogar uma parte do jogo. Vamos analisar qual parte ele vai jogar. No meio de semana, ele não vai poder jogar, então vamos ver a melhor parte", afirmou Cuca.

FICHA TÉCNICA
SPORT x PALMEIRAS

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Data: 23 de julho de 2017 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)

SPORT: Agenor; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Henríquez (Durval) e Mena; Rithely e Patrick; Everton Felipe, Diego Souza e Rogério; André.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

PALMEIRAS: Jailson; Mayke (Jean), Edu Dracena, Luan e Juninho; Thiago Santos, Bruno Henrique, Raphael Veiga (Hyoran) e Zé Roberto; Erik (Deyverson) e Keno.
Técnico: Cuca.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos