Levir diz que errou e assume culpa por queda de rendimento contra o Bahia

Do UOL, em São Paulo

Apesar da vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, Levir Culpi não deixou o Pacaembu satisfeito com sua equipe. No entender do técnico do Santos, a equipe alvinegra caiu de rendimento no segundo tempo da partida. E ele aponta um culpado. 

"Quando você faz 3 a 0, é automático que você cuide mais do sistema defensivo. Por isso eu coloquei o Alison. Era para fechar a casinha, mas o Bahia criou mais chances de gol, criou corpo. Não foi uma mexida legal. Eu queria mexer na parte física do time. Pensava em tirar o Lucas [Lima] e o Vecchio, mas o Vecchio está com um desgaste maior. A gente tem de pensar em tudo isso ali no banco. E a gente sempre erra", afirmou o treinador.

O time paulista fez um bom primeiro tempo e foi para o intervalo com um tranquilo 2 a 0 no placar (dois gols de Bruno Henrique). Na segunda etapa, porém, criou pouco no ataque e cedeu muitos espaços para o adversário na defesa.

"Esse jogo não merecia ser 3 a 0. O Bahia esteve muito perto do gol. É um time que joga bem. Nós escapamos dos gols. O jogo podia ter sido 3 a 2, 3 a 3. Foi equilibrado", disse Levir.

Daniel Vorley/AGIF

Faltou ao Bahia caprichar mais nas finalizações. Quando acertou o pé, parou em Vanderlei, que fez ao menos duas grandes defesas no segundo tempo. Em uma delas, se esticou todo para evitar o gol de Vinícius. O goleiro foi muito aplaudido pela torcida que compareceu em grande número ao Pacaembu (35.769 pessoas foram ao estádio).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos