Nos braços da torcida, Petros e Jucilei têm missão: melhorar no ataque

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Petros foi comprado pelo São Paulo em junho e assinou por quatro anos

    Petros foi comprado pelo São Paulo em junho e assinou por quatro anos

Se a crise vivida pelo São Paulo beneficiou alguém no clube, Petros e Jucilei estão entre os que podem sair fortalecidos da turbulência no Campeonato Brasileiro. São ovacionados no anúncio das escalações, têm os nomes gritados pela torcida e são exaltados nas redes sociais. Nesta segunda-feira, às 20h, eles formarão a dupla de volantes do Tricolor pela sexta partida consecutiva e têm o desafio de superar um estigma contra o Grêmio: manter a eficiência defensiva e ainda se apresentarem com mais força ao ataque, no Morumbi.

Há um consenso, entre jogadores, comissão técnica e torcida, de que os dois ajudaram o time a sofrer menos. A marcação forte pode ser traduzida pelos números. Jucilei é o líder em desarmes do São Paulo no Brasileirão. Nas 15 rodadas que disputou - com todos os minutos na conta -, conseguiu roubar 40 bolas. A média é de 2,6 desarmes por jogo. Tudo isso sem receber um cartão amarelo sequer e sofrendo mais faltas do que cometendo (39 a 24). Petros, que vai para a sexta atuação no Tricolor, conseguiu dez desarmes, com média de dois por confronto. 

Por outro lado, há uma preocupação pelo tímido desempenho dos volantes no setor ofensivo. Jucilei tem um gol, aproveitando sobra após bola parada, no empate por 1 a 1 com o Fluminense, ainda com Rogério Ceni no comando. Registra, ainda, 11 finalizações 15 assistências para arremates. Ou seja, uma vez por jogo ele consegue servir um companheiro para concluir a gol.

Já Petros participou do tento de Arboleda no revés por 3 a 2 para o Santos, mas sem querer. A bola desviou no camisa 6 e o equatoriano chutou. Em assistências para finalizações, também tem uma por partida, mas só arriscou a gol somente duas vezes. Contra o Vasco, se destacou pela entrega, por um forte carrinho em Bruno Paulista e pelo discurso inflamado na preleção: "Falaram que iam chegar aqui e atropelar a gente. Atropelar o c... Para me matar vai ter que correr mais que eu!".

Dorival Júnior tem trabalhado para que a dupla chegue mais à frente. Jucilei, que com Ceni se postava quase como um terceiro zagueiro, agora tem liberdade para desgarrar, com Petros mais preso às obrigações defensivas. Nos jogos contra Vasco e Atlético-GO, o primeiro apareceu até pelas pontas e só não saiu com assistência porque Martin Silva fez grande defesa em chute de Wellington Nem. O goleiro vascaíno, mais tarde, impediria gol de Cueva aproveitando lançamento de Petros.

Os dois lances são mostras das cobranças do técnico por um jogo mais vertical dos meio-campistas. O setor perdeu Thiago Mendes, vendido ao Lille, que tinha cinco gols e três assistências na temporada. Fora ele, o time teve três gols de Cícero, reserva, e duas assistências de João Schmidt, que também foi negociado, entre os volantes.

Agora, Hernanes será uma nova esperança para devolver essa presença ofensiva, deixando Cueva mais avançado e livre para retomar o melhor futebol. Ainda sem o Profeta, Dorival pode simular a nova formação se escalar Lucas Fernandes na vaga do lesionado Nem. Cueva cairia pelos lados, bem como Jonatan Gómez. Um quinteto com a missão de servir o artilheiro Lucas Pratto, autor de cinco gols no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X GRÊMIO

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 24 de julho de 2017, às 20h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Pablo Almeida da Costa (ambos de MG)

SÃO PAULO: Renan Ribeiro, Bruno, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Petros e Jucilei; Gómez, Lucas Fernandes (Marcinho) e Cueva; Pratto. Técnico: Dorival Júnior.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Fernandinho (Everton), Ramiro e Pedro Rocha; Luan;
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos