Rodrigo Caio avisa: 'a única coisa certa é que não vou para o Zenit'

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

Após o empate em 1 a 1 com o Grêmio nesta segunda-feira, a torcida do São Paulo recebeu uma boa notícia para a sequência do Campeonato Brasileiro. Rodrigo Caio afirmou, na zona mista do Morumbi, que não há mais negociações com o Zenit. O zagueiro lembra que ainda há tempo para a janela de transferências terminar, mas que a venda para o clube russo já está descartada.

"Nunca teve nada certo, nunca dei um 'ok', como vocês falaram. A única coisa certa é que não vou para o Zenit. Só tem isso de concreto. E não tenho como falar em permanência ou saída além disso. O que importa para mim é dar meu máximo a cada partida com a camisa do São Paulo, onde sou muito feliz", ressaltou o camisa 3.

No início de julho, o Zenit sinalizou ao Tricolor que pagaria a multa rescisória de 18 milhões de euros para levar Rodrigo Caio. A possibilidade trouxe até indefinição sobre a escalação do defensor em clássico contra o Santos na Vila Belmiro. Depois de discutir até salários com os russos, no entanto, Rodrigo viu o negócio esfriar e já dava o assunto como encerrado desde a semana passada.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos