São Paulo empata com vice-líder Grêmio, mas segue na zona do rebaixamento

Do UOL, em São Paulo

O São Paulo sofreu, mas conseguiu arrancar o empate com o Grêmio por 1 a 1, nesta segunda-feira, no Morumbi. Mesmo com mais um ponto somado, o Tricolor paulista permanece na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro com 16 pontos, na 18º colocação. Já a equipe gaúcha está na vice-liderança do nacional, com 32 pontos - oito atrás do Corinthians.

Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Botafogo fora de casa, no sábado, no Rio de Janeiro. Já o Grêmio recebe o Santos, no domingo, em Porto Alegre.

Homenagens

A torcida do São Paulo se lembrou do ídolo Waldir Perez, morto no domingo (23) vítima de um infarto cardíaco. Na porta do Morumbi, os fãs exibiam uma faixa com o nome do goleiro, que defendeu o clube de 1973 a 1984. Os jogadores também entraram em campo com uma camisa cinza, com o nome de Waldir Peres estampado nas costas. Pelo Tricolor, o arqueiro disputou 617 jogos – sendo aquele que mais vestiu a camisa do clube até ser superado por Rogério Ceni. 

Reforços

A torcida já pôde matar a saudade de Hernanes. Reforços do clube, o meio campista e o atacante Marcos Guilherme foram para o gramado junto com o mascote do clube antes de a bola rolar. Estou à disposição depois de hoje [segunda-feira], vai depender do treinador", disse Hernanes, que aproveitou a oportunidade para pular a placa de publicidade e beijar o símbolo do clube. "Aqui foi o lugar onde eu cresci. Vendo a vibrando dessa maneira é especial, um momento de alegria", completou o jogador.

Posse de bola são-paulina e gol do Grêmio

Como acontecia na época em que o São Paulo era treinador por Rogério Ceni, o time teve mais posse de bola [60% contra 40% do Grêmio] durante todo o primeiro tempo, mas pouco criou. O time de Dorival Júnior parecia ter dificuldade para chegar ao gol de Marcelo Grohe e teve raras oportunidades reais de abrir o placar. O adversário apostou nos contragolpes velozes e teve muito mais eficiência no ataque. Desta maneira, Pedro Rocha fez o gol, aos 19 minutos. O jogador partiu na velocidade, ganhou de Arboleda e, dentro da área, deu o corte em Bruno antes de chutar para o gol de Renan Ribeiro. 

Renato Gaúcho

O treinador do Grêmio mostrou habilidade para catimbar a partida. Com a sua equipe já em vantagem no placar, o ex-jogador dominou a bola e tocou de calcanhar para retardar a cobrança de lateral dos donos da casa. 

Alterações de Dorival e empate

Para tentar dar mais força ao ataque, Dorival Júnior mexeu na equipe antes do início do segundo tempo. Jucilei deu lugar para Cícero, enquanto Jonatan Gómez foi substituído por Lucas Fernandes. Desta maneira, a ideia era dar mais liberdade para Cueva no ataque, enquanto Cícero e Lucas Fernandes poderiam ajudar na armação das jogadas. As alterações do treinador deram resultado no decorrer do segundo tempo. Edimar fez bela jogada pela esquerda e cruzou para Pratto. O goleiro Marcelo Grohe defendeu, mas Lucas Fernandes completou no rebote.

O pior

Bruno foi o destaque negativo do São Paulo. O lateral deu bastante espaço para o adversário e, de quebra, levou o corte no lance do gol de Pedro Rocha. No segundo tempo, deu lugar para Gilberto, sendo que Marcinho fora deslocado para a lateral direita.

O melhor

Principalmente nos últimos 45 minutos, Renan Ribeiro teve participação segura. Com boas defesas, o goleiro são-paulino impediu que o adversário fizesse o segundo gol. 

Recorde

O São Paulo quebrou o recorde de público neste Campeonato Brasileiro. No total, 51.511 torcedores marcaram presença no Morumbi e aplaudiram o time mesmo depois do empate por 1 a 1. Antes, a melhor marca era de Grêmio e Corinthians, com 50.116 pessoas.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X GRÊMIO

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 24 de julho de 2017
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Pablo Almeida da Costa (ambos de MG)
Cartões amarelos: Rodrigo Caio (São Paulo); Michel, Arthur, Maicon (Grêmio)
Gols: Pedro Rocha aos 19 do 1º tempo; Lucas Fernandes aos 18 do 2º tempo
Público e renda: 51.511 e R$ 989.914,62

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno (Gilberto), Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Jucilei (Cícero), Petros e Gómez (Lucas Fernandes); Marcinho, Lucas Pratto e Cueva. Técnico: Dorival Júnior.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Maicon, Arthur (Fernandinho), Ramiro e Pedro Rocha (Everton); Luan;
Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos