Jogadores do Botafogo falam em apagão para explicar revés para o São Paulo

Do UOL, em São Paulo

  • TARLA WOLSKI/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Rodrigo Pimpão: rolou um "apagão" no Botafogo

    Rodrigo Pimpão: rolou um "apagão" no Botafogo

Tudo caminhava bem para o Botafogo neste sábado (29), no Engenhão. O time carioca até começou perdendo para o São Paulo, mas virou. Teve um pênalti contra, mas Gatito Fernández parou a cobrança de Cueva e Guilherme anotou o terceiro pouco depois. Aos 41min da etapa final, contudo, os paulistas iniciaram uma arrancada e viraram para 4 a 3 com três gols em seis minutos.

"Foi um apagão. Não pode acontecer isso. Tivemos oportunidades de fazer mais gols, mas não concretizamos. Eles souberam jogar no nosso erro e tiveram qualidade para finalizar. Saímos tristes, chateados, e no mais é um aprendizado", analisou o atacante botafoguense Rodrigo Pimpão em entrevista à "Rádio Tupi".

Depois do jogo, o próprio elenco do Botafogo demonstrou ter sentido a virada. Os atletas se reuniram no centro do gramado e fizeram uma espécie de pedido de desculpas para a torcida que encheu o Engenhão.

"Relaxamos no final. Eles sabem que o time é guerreiro e joga até o final sempre, mas hoje [sábado] rolou um apagão ali. Fica o aprendizado", disse o zagueiro Igor Rabello.

"A gente não soube administrar o jogo. A gente tinha a vantagem e tinha de segurar a bola, mas acabou tomando a virada", completou Gatito.

A derrota deixou o Botafogo estagnado nos 24 pontos. O time comandado por Jair Ventura é o sétimo colocado do Campeonato Brasileiro, mas pode despencar até o fim da rodada – há cinco times que podem ultrapassá-lo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos