Bahia volta a tropeçar na Fonte Nova, Sport vence e se mantém no G-6

Do UOL, em Santos (SP)

O Sport de Luxemburgo continua aprontando no Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (30), o time pernambucano, mesmo sem contar com Diego Souza, André e Rithely, aproveitou a fragilidade do mandante Bahia – que não vence há quase dois meses na Fonte Nova – e contou com gols de Everton Felipe, Ronaldo Alves e Lenis para vencer a partida desta 17ª rodada por 3 a 1. Rodrigão fez para os donos da casa.

Com o resultado, o Sport chega a 27 pontos e se garante por pelo menos mais uma rodada dentro do G-6 (zona de classificação para a Pré-Libertadores). Foi a sexta vitória nos últimos oito jogos dos pernambucanos na competição nacional. Já o Bahia perde a segunda seguida no Brasileiro, estaciona nos 19 pontos e vê a zona de descenso cada vez mais próxima.

Sport e Bahia agora abrem a 18ª rodada da Série A na quarta-feira (2). O time pernambucano recebe o Fluminense na Ilha do Retiro, enquanto a equipe baiana visita a Chapecoense na Arena Condá. As duas partidas acontecem às 19h30.

O melhor: Everton Felipe

Muita técnica e velocidade. Além do gol, do escanteio que originou o segundo tento e da assistência para o terceiro, deu bastante trabalho à defesa do Bahia – ainda aplicou um lindo chapéu.

O pior: Régis Souza

Em seu primeiro jogo como titular, Régis Souza não foi bem, acabou vaiado pela torcida em alguns lances no primeiro tempo e acabou substituído já no intervalo.

Bahia erra duas vezes seguidas, e Sport não perdoa

Dois erros em sequência do Bahia resultaram na abertura do placar na Fonte Nova. Primeiro, Jean saiu jogando errado e deu a bola de graça para o Sport. Na sequência do lance, o Bahia havia recuperado a posse, mas Mendoza tentou um passe de calcanhar na lateral esquerda, errou e proporcionou um contra-ataque fatal ao time pernambucano. Lenis recebeu de Rodrigo na linha de fundo, levantou a cabeça e cruzou rasteiro para trás para Everton Felipe chegar batendo de primeira.

Bahia não cria, e time sai vaiado no primeiro tempo

Bahia/Flickr/Divulgação
O Bahia até terminou a etapa inicial com mais posse de bola que o Sport, mas foi praticamente inofensivo ao gol de Magrão. Mais organizado e, principalmente, agressivo que o adversário, a equipe pernambucana soube como criar mais jogadas de perigo, a maioria em contra-ataques e através de rápidos toques na bola. Não à toa, o Bahia deixou o campo vaiado após o primeiro tempo.

Rodrigão volta ao Bahia com gol: três em três jogos

Depois de marcar dois gols em sua estreia como titular pelo Bahia, na vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, Rodrigão sofreu uma lesão no pé e desfalcou o time tricolor nos últimos três jogos. E logo em seu retorno, o ex-atacante do Santos fez mais um, de cabeça, empatando a partida. Agora são três gols em três jogos com a camisa do Bahia.

Magrão faz milagre, e Jean responde

A etapa final contou com grandes defesas dos goleiros. Magrão fez um milagre em chute no cantinho de Zé Rafael. No ataque seguinte, foi a vez de Jean responder com ótima intervenção em chute cara a cara de Everton Felipe.

Torcida pede: fora, Jorginho!

A torcida não perdoou Jorginho e pediu a saída do técnico após o Sport fazer o terceiro gol da partida. O Bahia até melhorou no segundo tempo, mas voltou a entregar um gol e viu o time pernambucano matar a partida com Lenis.

BAHIA 1 x 3 SPORT

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 30/072017 (domingo)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Público: 17.869 pagantes
Renda: R$ 400.285,50
Cartões amarelos: Vinicius (Bahia); Juninho, Lenis, Patrick, Thomás, Oswaldo henríquez e Ronaldo Alves (Sport)
Gols: Everton Felipe, aos 18min do primeiro tempo; Rodrigão, aos 13min, Ronaldo Alves, aos 20min, e Lenis, aos 46min do segundo tempo

BAHIA
Jean; Régis Souza (Juninho), Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior e Mateus Sales; Régis (Vinicius), Zé Rafael e Mendoza (Gustavo Ferrareis); Rodrigão
Técnico: Jorginho

SPORT
Magrão; Raul Prata, Henríquez, Ronaldo Alves e Mena; Patrick, Rodrigo (Fabrício) e Thomás (Sander); Everton Felipe, Lenis e Juninho (Índio)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos