Após volta, Abel diz: "Perdi para a morte, não vou perder para a vida"

Do UOL, no Rio de Janeiro

Quatro dias após a morte de João Pedro, seu filho mais novo, o técnico Abel Braga já dirigiu o Fluminense na partida ante o Sport. Pouco depois do empate em 2 a 2,  treinador falou do jogo, mas não deixou de comentar sobre o fato.

Abatido, o comandante falou sobre o episódio, mas demonstrou que está disposto a retomar o cotidiano:

"Precisava me levantar. Perdi para a morte, não vou perder para a vida. Não vou me enfiar em casa, não sou um perdedor".

Antes de a bola rolar, Abel foi ovacionado pela torcida do Sport. Em uma cena não muito usual, perfilou junto aos jogadores, ao técnico Vanderlei Luxemburgo, do Sport, e participou da cerimônia de execução do Hino Nacional.

No sábado, o Flu encara o Atlético-GO, às 19h, no Maracanã. Na última parcial divulgada, o clube informou que 3.800 mil ingressos foram vendidos de forma antecipada.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos