Grêmio pega Atlético-GO com seis recuperados por Renato

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Léo Moura volta a jogar após lesão e se junta a legião de reabilitados no Grêmio

    Léo Moura volta a jogar após lesão e se junta a legião de reabilitados no Grêmio

Léo Moura, Bressan, Bruno Cortez, Ramiro, Fernandinho e Pedro Rocha serão titulares do Grêmio nesta quarta-feira (2), diante do Atlético-GO. E todos eles têm algo em comum: foram recuperados, em diferentes medidas, por Renato Gaúcho. A reabilitação de atletas é um dos pontos fortes do trabalho que chega a um estágio onde demanda mais peças.

Com jogos acumulados, em Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores, o Grêmio começa a sentir os desfalques. Na partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, fora de casa, dois titulares estão fora por problemas físicos.

O mérito do Grêmio de 2017 em relação ao ano passado é justamente esse: ter mais peças à disposição. E boa parte delas está pronta graças a Renato. A recuperação de jogadores tem abordagens diferentes. Com Ramiro, Bressan e Pedro Rocha houve injeção de confiança e blindagem pública.

Já os casos de Léo Moura e Bruno Cortez vieram acompanhados de aposta pessoal. Os dois foram contratados a despeito da desconfiança e ganharam lugar na equipe titular ao longo da temporada. O lateral direito chegou a ser um dos protagonistas do time no primeiro semestre. Cortez se encaixou perfeitamente no modelo mais ofensivo adotado ao longo do ano.

O estilo de gestão de Renato favorece a recuperação de jogadores. Sem expor ninguém em entrevistas coletivas ou treinamentos, o técnico se baseia em confiança para avançar.

No dia a dia há bastante diálogo, individual ou coletivo, e liberdade. A comissão técnica liderada por Portaluppi e Alexandre Mendes, auxiliar do treinador, delibera sobre aspectos técnicos com líderes do grupo ou então com peças que sejam importantes para algum princípio específico.

A recuperação de Ramiro é o primeiro dos casos. O volante se tornou fundamental no esquema que levou o Grêmio ao pentacampeonato da Copa do Brasil, em 2016. Do lado direito do campo, o camisa 17 passou a ser peça-chave em todas as fases do jogo.

Pedro Rocha, promovido por Felipão, ganhou confiança com Renato Gaúcho. Neste ano, mesmo quando foi criticado por perder gols, ficou na equipe titular. E ganhou o rótulo de 'jogador de confiança' do próprio treinador.

Bressan, que já havia trabalhado com Renato em 2013, retorno do Peñarol por contingência. O clube uruguaio não quis permanecer com o zagueiro e devolveu o jogador antes do final do empréstimo. O treinador não só aceitou a volta como pediu para ficar com o atleta, sanando a carência quantitativa do grupo no sistema defensivo.

Fernandinho já virou outro célebre caso de volta por cima. Emprestado ao Flamengo no ano passado, viveu indefinição até o último minuto de janeiro. Ficou, ganhou moral do chefe e passou a ser uma espécie de 12º jogador. No Brasileirão já acumula cinco gols e na temporada encostou nos artilheiros Barrios, Luan e Miller Bolaños.

O Grêmio que enfrenta o Atlético-GO, portanto, é mais uma faceta do momento vivido no clube na temporada. Reforçado por ele mesmo, formado por reabilitados. Resultado do dia a dia de Renato Gaúcho.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO X GRÊMIO

Data e hora: 02/08/2017 (quarta-feira), às 21h45 (Brasília)
Local: estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Auxiliares: Celso Luiz da Silva e Marcus Vinicius Gomes (ambos de MG)

ATLÉTICO-GO: Felipe; André Castro, Gilvan, Roger Carvalho e Bruno Pacheco; Paulinho, Igor, Andrigo, Jorginho e Niltinho; Walter
Técnico: João Paulo Sanches

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Kannemann e Cortez; Michel, Fernandinho, Ramiro, Arthur e Pedro Rocha; Everton
Técnico: Renato Portaluppi

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos